Vida

Veja como ficou | VW Taos: novo SUV tem seu interior revelado em flagras

Veja como ficou | VW Taos: novo SUV tem seu interior revelado em flagras

A Volkswagen continua o processo de "SUVerização" da marca na América Latina. Depois de Tiguan, T-Cross e Nivus, está preparando o Taos. O modelo será o novo SUV médio, feito na Argentina, para brigar principalmente com o Jeep Compass. Flagrado por fora, teve seu interior clicado agora por Alan Schibelscky em imagens cedidas pelo youtuber Leandro Alvares ao UOL Carros.

Duas unidades que estavam em testes foram flagradas e dão mais detalhes do que esperar para o interior do novo SUV. O Taos terá uma mescla de componentes encontrados nos demais utilitários-esportivos da marca. O volante com o novo logotipo da companhia e a nova central multimídia VW Play vêm do Nivus.

O painel de instrumentos, ao menos nas versões mais completas, será o virtual, como ocorre nas versões mais caras de Nivus, Polo, Virtus, T-Cross e Tiguan. Esse painel é a versão mais recente do sistema da marca alemã e como as demais pode ser personalizado com diversos tipos de visão. Do T-Cross, vem a alavanca de câmbio com acabamento em preto brilhante na parte superior.

Do Tiguan Allspace, o Taos herdará a chave de luz no lado esquerdo do painel, os comandos de limpador e seta e o console central com espaço para botões nas laterais. Do "irmão" maior vem também os comandos de ar-condicionado, que são seletores redondos com outros comandos acima, em uma fileira. A parte superior do painel também lembra a do Tiguan, mas perdeu um porta-objetos e se tornou apenas uma área aberta para alguns itens.

O que é o Taos?

Dentro da gama de SUVs da Volkswagen, o Taos ficará acima do T-Cross e do Nivus e abaixo do Tiguan Allspace. Como os demais modelos, ele também é baseado na plataforma modular MQB. Enquanto os compactos são produzidos no Brasil, em São José dos Pinhais (PR) e São Bernardo do Campo (SP), respectivamente, o Taos virá da fábrica de Pacheco na Argentina, enquanto o Tiguan é importado do México. Ele chega ao País no final do primeiro semestre.

Inicialmente, sob o capô, o Taos trará apenas o motor 1.4 turbo e flexível de até 150 cv e 25,5 mkgf. O câmbio será o automático de seis velocidades com opção de trocas na alavanca. A tração é dianteira, como nos demais modelos. Há rumores de que a VW fará uma versão "R-line", como ocorre com o Tiguan - essa seria equipada com o 2.0 turbo e tração integral.