Vida

Leah Pruett | Pilota americana já acelerou a mais de 500 km/h e inspirou kit da Lego

Leah Pruett | Pilota americana já acelerou a mais de 500 km/h e inspirou kit da Lego

A Dodge anunciou uma parceria com a Lego para criação de um kit de montagem com dois carros: um dragster SRT Top Fuel e um icônico Dodge Challenger T/A de 1970, modelo criado com fins de homologação para o campeonato TransAm. O conjunto começou a ser vendido nos Estados Unidos na última terça-feira (1º) e pode ser adquirido no site norte-americano da Lego por US$ 49,99 (R$ 258).

Chama a atenção, porém, um dos bonecos que acompanham o kit, claramente inspirado em Leah Pruett, pilota norte-americana de arrancada da Mopar Dodge que disputa provas tanto com dragsters quanto a bordo de um Dodge Challenger preparado para esse fim.

Ela acumula marcas importantes, como a velocidade máxima atingida de incríveis 537,7 km/h e o quarto de milha (402 metros) percorrido em apenas 3,631 segundos - ambas as marcas foram conquistadas em 2018.

Conjunto da Lego traz um dragster e um Dodge Challenger clássico; boneca loira é inspirada em Pruett - Divulgação - Divulgação
Conjunto da Lego traz um dragster e um Dodge Challenger clássico; boneca loira é inspirada em Pruett
Imagem: Divulgação

Nascida em Redlands, na Califórnia, Pruett tem 32 anos e uma carreira que começou bem cedo: entre os 8 e os 16 anos, ela já tinha obtido 37 troféus em provas de arrancada.

É de se esperar que, nesses casos, a velocidade esteja no sangue e a carreira dela contou com o apoio do pai, Ron Pruett, que tem no histórico uma série de recordes de velocidade no deserto de sal de Bonneville, em Utah, no meio-oeste dos EUA.

Aos 18, ela e o pai montaram um dragster com visual clássico, estilo conhecido pelo nome Nostalgia Funny Car. A bordo do bólido, ela foi a primeira mulher a percorrer o quarto de milha dentro da faixa dos 5 segundos, bem como foi a primeira a passar da marca de 250 milhas por hora (402 km/h) com um carro do tipo.

Em 2010, foi campeã na categoria Hot Rod Heritage Series da National Hot Rod Association (NHRA), entidade norte-americana que regulamenta corridas de arrancada.

A partir daí, ela seguiu carreira como piloto de dragster Top Fuel, se destacando como estreante no campeonato de 2013 pela Dote Racing. Mudou de equipe em 2017 e, em 2018, passou a competir simultaneamente em mais uma categoria: a Factory Stock Showdown Series, que reúne carros de fábrica com leve preparação para arrancada.

Dragster Leah Pruett - Reprodução - Reprodução
12 mil cavalos e máxima acima dos 500 km/h: esse é o tipo de carro que Leah Pruett está acostumada a pilotar
Imagem: Reprodução

Nesse campeonato, ela se sagrou campeã pilotando um Dodge Challenger e também foi a primeira da história a cumprir uma prova dentro dos sete segundos.

Ainda em 2018, ela terminou na quarta colocação na categoria principal da NHRA, não sem antes conseguir a segunda melhor marca da história do esporte com o seu quarto de milha em 3,631 segundos e se sagrar como a mulher mais rápida a disputar campeonatos da NHRA.