Vida

Chega aqui em 2021 | Honda City Hatch é revelado na Ásia antes de vir para o Brasil

Chega aqui em 2021 | Honda City Hatch é revelado na Ásia antes de vir para o Brasil

A Honda divulgou hoje (24) as primeiras imagens e detalhes oficiais do City hatchback.

O modelo será lançado em mercados da Ásia antes de ser vendido no Brasil, onde deve desembarcar em 2021.

Honda City Hatch  - Divulgação - Divulgação
Design do City hatch é o mesmo do sedã até as colunas B
Imagem: Divulgação

Baseado no sedã que também estreia no mercado brasileiro no ano que vem, o City Hatchback será um modelo global.

Não há surpresas no design, uma vez que imagens de registro industrial já haviam sido vazadas há alguns meses. Existem pequenas diferenças estéticas entre hatch e sedã na dianteira, como para-choques com desenhos distintos. Atrás, o carro traz estilo parecido com o do City sedã, sendo que as versões mais caras trazem luzes em LED.

City hatch 2 - Divulgação - Divulgação
Estilo do City hatch já havia sido antecipado em imagens de registro
Imagem: Divulgação

O hatch tem 4,34 metros de comprimento, 1,48 metro de altura, 1,74 metro de largura e distância entre eixos de 2,58 metros. Com porte semelhante ao do futuro rival Toyota Yaris, ele é maior do que modelos como Chevrolet Onix e VW Polo.

Honda City Hatch 3 - Divulgação - Divulgação
Interior é o mesmo do City sedã
Imagem: Divulgação

Por dentro, o City hatch aproveita o painel de instrumentos do sedã. Já o prático sistema modular de bancos, chamado pela marca de Ultra Seat, vem do Fit. Aliás, a convivência entre os modelos é um mistério no mercado brasileiro, onde o Fit é um dos maiores sucessos da Honda.

Tem esportivo? Quase...

Honda City Hatch 4 - Divulgação - Divulgação
Versão RS traz detalhes esportivos
Imagem: Divulgação

Na Tailândia, o City hatch será vendido nas versões S+, SV e RS.

A versão esportivada RS traz itens como controles de estabilidade e de tração, piloto automático, ar-condicionado digital, faróis em LED, rodas de liga leve de 16 polegadas, partida do motor por botão, 6 airbags, câmera de ré, central multimídia com tela tátil de oito polegadas, aplicativo que permite executar tarefas como destravar as portas do veículo e ligar o motor e suporte a Android Auto e Apple CarPlay, entre outros equipamentos.

Por lá, o novo modelo será vendido apenas com a motorização 1.0 turbo de três cilindros, que entrega 122 cv e torque máximo de 17,6 kgfm, associado ao câmbio do tipo CVT. Para outros mercados (como o Brasil), o hatch pode usar um 1.5 aspirado de 132 cv, derivado do conjunto que equipa o City atualmente vendido aqui.

A imprensa asiática crava que o City hatch contará com uma versão híbrida em um futuro próximo. Ela utilizaria o mesmo conjunto presente no City sedã híbrido, formado pelo motor 1.5 aspirado e dois motores elétricos.