Vida

Carros | Picapes puxam alta de preços na pandemia; veja quais ficaram mais caras

Carros | Picapes puxam alta de preços na pandemia; veja quais ficaram mais caras

Escassez de peças, maior custo de matérias-primas e desvalorização do real criaram um cenário indigesto para quem quer comprar um carro novo em 2021: com problemas na respectiva produção, os preços não param de subir. E isso vale também para usados, cuja demanda disparou por conta da falta de exemplares zero-quilômetro no mercado.

Quando o assunto é categoria, as picapes são os veículos mais inflacionados, perdendo apenas para os caminhões. As novas ficaram 0,81% mais caras e puxaram para cima a inflação média de veículos de março de 2020, quando teve início a pandemia do coronavírus, até o fim de agosto de 2021. Considerando todos os segmentos, a alta foi de 0,23% no mesmo período.

Preparamos uma lista com as picapes zero-quilômetro com venda oficial no Brasil cujos preços mais subiram desde o começo da pandemia. O levantamento é da KBB Brasil, empresa especializada na precificação de veículos novos, seminovos e usados.

A lista que você confere a seguir traz apenas a versão que mais encareceu de cada picape e não considera versões vendidas apenas para produtores rurais, além daquelas que deixaram de ser comercializadas a partir de março do ano passado ou que ainda não estavam disponíveis nessa data. Confira.