Vida

Carros | Chevrolet tira Montana de linha e anuncia nova picape para o Brasil

Carros | Chevrolet tira Montana de linha e anuncia nova picape para o Brasil

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul confirmou a morte da picape Chevrolet Montana. O modelo teve duas gerações e a atual estava em linha há 11 anos sem novidades ou mudanças, fazendo figuração na terceira colocação entre as picapes compactas.

De acordo com o sindicato, as últimas unidades da Montana foram produzidas no final de abril e, portanto, o que está no mercado agora é apenas o estoque final produzido. Vale lembrar que a Montana produzida até agora era uma variante do Chevrolet Agile, hatch que foi lançado em 2009 e saiu de linha em 2014.

A Montana ainda aparece no site comercial da GM com preço de R$ 78.790 em versão única LS. De série oferece direção hidráulica, dois airbags, freios ABS, vidros elétricos e ajuste de altura do banco do motorista.

Nova picape irá brigar no segmento da Fiat Toro

Além disso, a GM anunciou a produção de uma nova picape na fábrica de São Caetano do Sul (SP). O modelo será derivado da plataforma GEM (Global Emergent Markets) na qual são produzidos também Onix, Onix Plus e Tracker.

Ela faz parte do investimento de R$ 10 bilhões que a GM havia anunciado no ano retrasado para renovação de produtos e desenvolvimento de novas tecnologias nas instalações do Estado de São Paulo (SCS e São José dos Campos).

A nova picape será da categoria da Fiat Toro, ou seja, uma picape intermediária. Segundo o CEO da GM América do Sul, Carlos Zarlenga, "o novo modelo chegará para complementar a linha de picapes Chevrolet e estrear um conceito inovador para a marca".

O modelo vai usar a base do Tracker, mas provavelmente alongada, para poder brigar com a Fiat Toro. A única rival à venda da Toro por enquanto é a Renault Oroch, que nunca conseguiu o mesmo sucesso especialmente por ser muito menor que a Toro em termos de proporções.

A Chevrolet também confirmou que a nova picape será exportada para mercados estratégicos da região. Vale lembrar que Argentina e Uruguai são mercados importantes para o segmento de picapes da região.

Tanto é que a S10 é uma das poucas picapes médias não produzidas na Argentina, ao lado da Mitsubishi L200 Triton Sport e da versão mais antiga, a Outdoor.

As demais, Toyota Hilux, VW Amarok, Ford Ranger e Nissan Frontier são feitas no país vizinho. Além disso, a picape média Peugeot Landtrek será montada no Uruguai e chega em 2022 ao Brasil.