Vida

Cade muda ideia e barra aquisição da Hapvida; ações caem

Cade muda ideia e barra aquisição da Hapvida; ações caem

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) decidiu barrar a aquisição da operadora de saúde Plamed pela Hapvida. O negócio de 57,5 milhões de reais havia recebido a chancela do órgão no último mês de fevereiro, mas com algumas contrapartidas para evitar a concentração de mercado em Sergipe, onde a Plamed possui mais de 26 mil beneficiários. Dentre os pontos, estava a alienação das carteiras dos planos de saúde individual ou familiar e coletivos no estado e a manutenção dos preços atuais por, no mínimo, dois anos. Em nota, a Hapvida disse que “segue avaliando as alternativas de próximos passos diante da decisão do tribunal”. No pregão de quarta-feira, 24, antes mesmo do anúncio da suspensão do acordo, as ações da companhia haviam fechado em queda de 2,4%. Às 15h59 de hoje, negociam em nova baixa, de 2,1%. A Intermédica, com quem a Hapvida está em processo de fusão, cai 2,6%.

  • Leia mais
  • Câmara aprova texto-base do Auxílio Brasil
  • Governo propõe flexibilizar garantias para facilitar o acesso ao crédito
  • Como o uso das reservas americanas pode impactar nos preços do petróleo