Vida

ALPB decreta estado de calamidade pública em Solânea devido à crise hídrica vivida na cidade

ALPB decreta estado de calamidade pública em Solânea devido à crise hídrica vivida na cidade

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) decretou estado de calamidade pública no município de Solânea, no Brejo do Estado, devido à crise hídrica vivida na região. O decreto foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (29).

De acordo com a publicação, o estado de calamidade pública na cidade dura, por pelo menos 180 dias, a partir desta quarta-feira. Na semana passada, também por conta da crise hídrica, o município de Bananeiras entrou em estado de calamidade.

No início de setembro, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) emitiu um comunicado informando que a barragem de Canafístula, reservatório que abastece as duas cidades, secou, e não há mais possibilidade de captação de água para distribuição.

À época, A Cagepa informou que “está buscando alternativas de apoiar às prefeituras no enfrentamento à crise, como perfuração de poços, doação de reservatórios e distribuição de água por meio de carros-pipa”. Desde então, o uso de carros-pipa tem sido o principal meio de distribuição de água.