Vida

Acusado de barganhar vaga de vice, Veneziano sequer esconde estratégia para pressionar João Azevêdo: "Não vamos esperar até as convenções para sermos convidados"

Acusado de barganhar vaga de vice, Veneziano sequer esconde estratégia para pressionar João Azevêdo:

Acusado pelo deputado estadual Tião Gomes, do Avante, de barganhar a vaga de vice na chapa governista nas eleições de 2022, o senador Veneziano praticamente acusou o golpe ao não esconder sua estratégia de forçar um convite para que o MDB esteja presente na chapa majoritária do Governo ano que vem, tanto é que, em entrevista que repercutiu na rádio Rádio Caturité FM, ele deixou claro que nem ele nem seu partido irão esperar até as convenções para que João Azevêdo, do Cidadania, formule o convite.

“Nós não vamos esperar que o processo seja levado até as convenções, prazo último, para que sejamos convidados pura e simplesmente para assinar uma ata de convenção e fazer esta ou aquela coligação”, avisou.

Em outro ponto da entrevista, Veneziano ressaltou que “casamentos só duram enquanto ambas as partes desejam a convivência recíproca” e que não vai aceitar que o processo seja conduzido de tal forma que o MDB só seja ouvido no dia das convenções partidárias.

“Tenho a minha opinião pessoal em relação à reeleição do governador João Azevêdo, repito, antes mesmo do que ele próprio […] Os casamentos só duram enquanto ambas as partes desejam a convivência recíproca. É preciso que haja, de ambas as partes, essa reciprocidade. Paralelamente a isso, o que eu estou a fazer é fortalecer o MDB. Eu não vou depender, nós não vamos depender de uma agenda que seja imposta de fora para dentro”, afirmou.

Para o deputado estadual Tião Gomes, a postura de Veneziano é de fazer jogo político para encontrar ‘moleza’ e consolidar sua esposa como candidata a vice, ele permanecendo senador, e o irmão, Vital do Rêgo permanecendo ministro do TCU.

“Veneziano fica jogando, aproveitou Maranhão doente para fazer também o jogo e tomar o MDB. Nós sabemos disso, o que foi que Veneziano levou para o MDB? nada! Ele e vai levar a esposa, então é tudo interesse próprio ele objetiva colocar a esposa como vice de João e eu não acho isso certo. Ele foi eleito por uma coligação porque dificilmente ele se elegeria deputado federal, todo mundo sabe disso, mas o PSB, o grupo partidário chamou e o colocou como senador e ele foi vitorioso, o que eu quero mostrar é que nós temos que dizer à Paraíba o que está acontecendo na realidade. Cássio é tolo é? Pergunta pra ele tu tá trazendo quem pra cá pra essa coligação e eu dar a você a cabeça de chapa? Qualquer liderança politica da Paraíba tem grupo. pergunta a Veneziano quantos prefeitos ele fez? Agora pegou os do mdb e a maioria se João chamar vem tudinho, fica um ou dois” declarou Gomes.