Tecnologia

WhatsApp testa função para enviar fotos e vídeos que se autodestroem

WhatsApp testa função para enviar fotos e vídeos que se autodestroem

O WhatsApp pode liberar uma função que autodestrói fotos na plataforma de maneira automática, recurso similar às opções de envio de mídia do Snapchat, Instagram e do rival Telegram. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (21) pelo site especializado WABetaInfo, conhecido por divulgar lançamentos do mensageiro em primeira mão.

O recurso foi flagrado no WhatsApp Beta para celulares Android, e não há sinais dele no aplicativo para iPhone (iOS). A função está em desenvolvimento e ainda não há previsão de disponibilidade, mesmo para usuários da versão de testes. A edição experimental no mensageiro é a primeira a receber as atualizações do aplicativo, que podem ser modificadas até a data final de lançamento.

Segundo informações do WABetaInfo, a nova ferramenta permitirá o envio de mídias como fotos, vídeos e GIFs que expiram e se autodestroem assim que o destinatário das mensagens sai do chat. Para enviar o conteúdo, é necessário clicar sobre um botão designado e depois selecionar a mídia. Assim que o destinatário receber a imagem e visualizá-la, ela desaparecerá, então não é necessário definir um período de tempo cronometrado para excluir a mídia, como ocorre no Telegram, por exemplo.

O site também diz que, até o momento, não há como saber se o recurso contará com alerta de prints, função que o Instagram e Snapchat disponibilizam para mensagens enviadas de forma privada que sofreram captura de tela pelo destinatário. Além disso, o WhatsApp não exibirá caixas de diálogo informando que a mídia foi apagada da conversa. O conteúdo da mensagem desaparecerá da plataforma como se ela nunca tivesse sido, de fato, enviada.