Tecnologia

Cultura do Cel.Lep acelera o case de sucesso do ensino a distância

Cultura do Cel.Lep acelera o case de sucesso do ensino a distância

Com forte cultura tecnológica, até pelo fato da escola ter surgido de um centro tecnológico de línguas, o Cel.Lep – uma das principais escolas de idiomas e tecnologia do País – intensificou a sua postura de liderança na transformação digital na indústria da Educação muito antes da COVID-19. A empresa agora colhe os resultados do bem-sucedido programa de ensino por tecnologia, implantado durante a pandemia, e que vem permitindo mobilizar milhares de alunos em aulas de inglês realizadas três vezes por semana.

A cultura tecnológica do Cellep – expressa no seu avançado sistema de laboratórios e na oferta de cursos de programação e coding – contribuiu para que a migração das aulas presenciais para virtuais fosse feita de forma muito rápida e com sucesso. A migração para o ensino assistido por tecnologia foi feita de forma estruturada, por meio de um aplicativo de reuniões que promove videoconferências, e contou com o acesso remoto aos laboratórios de língua do Cel.Lep, bem como com o treinamento da equipe docente e gerencial, já aculturada ao uso da tecnologia, para realizar o atendimento remoto e dar o suporte às famílias, escolas e empresas parceiras.

“Não se trata meramente de uma solução de ensino à distância, mas sim de manter a abordagem e a metodologia do Cel.Lep, pautadas em recursos presenciais, na interação entre professores e alunos e na comunicação direta e humana, componentes estes cruciais para o aprendizado da língua estrangeira”, explica o CEO do Cel.Lep, Alexandre Velilla Garcia. “Estamos conseguindo, no modelo virtual, formar as salas de reunião que tínhamos em nossas classes, e assim manter integralmente a proposta pedagógica da Escola. ”

O fato de ter esse background tecnológico foi vital para o Cel.Lep se adequar rapidamente às aulas virtuais, mantendo o interesse e a presença dos alunos. Além disso, as equipes acadêmica e administrativa, bem como todo o corpo gerencial, se engajaram 100% no projeto, se reinventando e descobrindo novas formas de aprender e ensinar. “Este é um momento desafiador que, acima de tudo, está servindo para exercitarmos ainda mais a empatia, a resiliência e a inteligência emocional”, afirma Patrícia McKay, diretora pedagógica do Cel.Lep.

Com a adoção do ensino assistido por tecnologia, as aulas (neste período de fechamento das unidades) estão sendo realizadas em ambiente virtual e o laboratório interativo de línguas, um dos diferenciais do Cel.Lep, que representa metade do curso, está sendo feito de forma remota pelos alunos.

Todos os gestores e coordenadores de unidades do Cel.Lep permanecem em contato com alunos e pais, oferecendo as opções para o uso da língua estrangeira via guia de estudos, plantão de dúvidas, chats online e conversação via teleconferência, entre outras atividades sem qualquer custo adicional, até que as aulas sejam retomadas. Este atendimento cuidadoso e individual, mesmo neste momento de pandemia, é uma prioridade total do Cel.Lep, já que faz parte da cultura da escola há mais de 53 anos.

Saiba mais

O Cel.Lep é uma das principais escolas de idiomas e tecnologia do Brasil, vencedora do prêmio Top Educação 2019, e sua matriz é certificada pelo PEA-UNESCO (Programa de Escolas Associadas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Focado em oferecer qualidade no ensino para que seus alunos adquiram fluência em inglês e espanhol, e domínio da linguagem computacional (coding), o Cel.Lep contempla, em seu conteúdo pedagógico, os quatro pilares da UNESCO (aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a conviver e aprender a ser).

Fundado em 1967, consolidou-se como provedor de ensino multicanal, com atuação nacional, através de soluções educacionais inovadoras e de alta qualidade. Sempre atuou com pioneirismo e inovação em seus mais de 52 anos, sendo a primeira escola de idiomas a adotar laboratórios para o ensino de línguas no País. Possui cursos para crianças a partir de três anos, adolescentes e adultos.

Em 2017, adquiriu a MadCode, rede de Escolas de Programação, tornando-se um Learning Center, focado em desenvolver as novas competências do século XXI, por meio do ensino de idiomas e coding. Em 2018, desenvolveu as Soluções Educacionais intracurriculares de inglês e coding para escolas de Educação Infantil ao Ensino Médio, permitindo, assim, sua expansão nacional. Anualmente, o Cel.Lep atende mais de 20 mil estudantes em suas 85 unidades próprias de rua e dentro de colégios regulares, nos modelos extracurricular, em São Paulo, e intracurricular, nacionalmente.