Tecnologia

Apple completa 45 anos nesta quinta-feira

Apple completa 45 anos nesta quinta-feira

A Apple, gigante da tecnologia norte-americana, completa 45 anos nesta quinta-feira (1). A empresa foi fundada pelo empresário Steve Jobs com a participação de seus colgas Steve Wozniack e Ronald Wayne, que vendeu sua participação de 10% apenas 12 dias depois.

A história da Apple teve início em 1975, na garagem da casa de infância de Jobs, em Los Altos, na Califórnia. Lá, ele trabalhou com Wozniack para testar o primeiro sistema de computadores criado por eles, o Apple I — que acabou por se tornar o "pai" de todos os computadores modernos.

Mais de um ano depois, Jobs então chegou a um acordo de vendas com uma pequena loja de informática chamada Byte Shop, nas proximidades de Mountain View, também na Califórnia. As primeiras vendas do eletrônico, comercializado inicialmente a U$ 666,66, se deram em julho de 1976, três meses após a fundação da empresa. Wozniack disse mais tarde que escolheu este preço porque gostava de dígitos repetidos.

Desde a quase falência no final da década de 1990 até se tornar a empresa pública mais valiosa do mundo na década de 2010, a Apple passou por uma série de altos e baixos nas últimas quatro décadas e meia.

Atualmente, no entanto, a gigante de tecnologia está avaliada em nada mais, nada menos do que U$ 2 trilhões, valor que supera o PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil. A empresa recentemente encerrou seu ano de maior sucesso financeiro com uma receita recorde de U$ 111 bilhões no quarto trimestre de 2020.

À medida que a tecnologia continua a evoluir além das telas, a expectativa agora é de que o futuro da Apple inclua maiores investidas em áreas de inteligência artificial, como RA (Realidade Aumentada) e RV (Realidade Virtual).

*Estagiária do R7 sob supervisão de Pablo Marques