Política

Ex-prefeito de Cocal diz que roubou para dar aos pobres: "Se eu fui preso, tem um motivo"

Ex-prefeito de Cocal diz que roubou para dar aos pobres:

Na convenção do MDB que confirmou a candidatura de Dr. Cristiano, para prefeito de Cocal nas eleições de novembro, o ex-prefeito José Maria Monção deu declarações sinceras, mas polêmicas, ao fazer críticas à atual gestão e ao comentar fatos que levaram à sua prisão há 5 anos, após ser condenado por crime de responsabilidade.

"Eu fui prefeito três vezes, sei o sofrimento, mas também não roubei o tanto que esse aí roubou, não. Tá entendendo? Esse é descarado, esse tá é afundando o Cocal. Eu posso até ter tirado alguma coisa, dado para os pobres. Tá, é a verdade, por que ninguém pode ser tão sincero. Então, se eu tivesse sido todo direito eu não tinha ido preso, não é? Se eu fui preso, tem um motivo", afirmou Monção, deixando desconcertada a mesa de honra composta por políticos locais, além do senador Ciro Nogueira (Progressistas) e do prefeito Firmino Filho (PSDB).

Seguindo seu discurso, o ex-prefeito frisa ainda que "político que rouba, rouba para dar pro povo", e que "é difícil o cara roubar pra si".

O vídeo da fala de Monção, na convenção emedebista que foi transmitida pelo Facebook, acabou viralizando nas redes sociais.