Política

Em sessão tumultuada, deputados se retiram da ALPB após Cabo Gilberto ter permanência autorizada

Em sessão tumultuada, deputados se retiram da ALPB após Cabo Gilberto ter permanência autorizada

Em sessão tumultuada nesta terça-feira (5), os deputados estaduais aprovaram, por maioria, para que a sessão fosse continuada, mesmo com a presença do deputado estadual Cabo Gilberto (PSL) em plenário.

O imbróglio ocorreu pois Cabo Gilberto foi para a ALPB, neste primeiro dia de retorno às atividades presenciais (de forma híbrida), sem estar vacinado contra a Covid-19, apenas portando um teste negativo para a doença.

Segundo o regimento de retorno à casa aprovado na última semana, seria exigido a comprovação da vacinação contra a Covid-19 tanto para deputados quanto para servidores.

Com isso, os deputados Anísio Maia (PT), Inácio Falcão (PCdoB), Hervázio Bezerra (PSB) e João Gonçalves (Podemos) alegaram “constragimento” com a presença de Cabo Gilberto no plenário e se retiraram da Assembleia. Os parlamentares argumentaram que, por serem deputados, também estão incluídos nas regras estipuladas pela Mesa Diretora.

Posteriormente, sem dizer datas, Cabo Gilberto afirmou que será vacinado contra a Covid-19.

Passaporte da vacina

Durante a sessão, a ALPB aprovou o chamado passaporte da vacina, por 20 votos a favor e 7 contra. A Lei coloca em prática a regra de apresentação de comprovante da vacina para entrada em espaços públicos e privados da Paraíba. A pauta foi adiada duas vezes após aprovação por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. O texto agora segue para sanção do governador João Azevêdo (Cidadania).