Política

Em debate, Nilvan anuncia que Banco da Retomada vai disponibilizar até R$ 15 mil para o microempreendedor

Em debate, Nilvan anuncia que Banco da Retomada vai disponibilizar até R$ 15 mil para o microempreendedor

O candidato a prefeito de João Pessoa, Nilvan Ferreira disse que através do Banco da Retomada vai disponibilizar até R$ 15 mil para microempreendedor que pretenda abrir ou ampliar o negócio. Os recursos foram informados durante participação no debate na TV Master, na noite desta segunda-feira (23). O candidato também informou que vai subsidiar as passagens dos transportes coletivos para reduzir o valor pago pela população, implantar o prontuário eletrônico na saúde e buscar recursos para a instalação do Hospital do Idoso na Capital.

“A meta no momento pós-pandemia é fortalecer toda uma rede de ação social, envolvendo os Centros de Referência e Assistência Social. Nós aumentamos o número de moradores de rua, aumentou a fome nos bairros e nós precisamos de uma prefeitura voltada pra atender as pessoas. Temos anunciado o vale gás com determinados critérios preestabelecidos vamos oferecer esse benefício para pessoas incluídas no cadastro único do bolsa família. Mais também é preciso fomentar a libertação das pessoas através do banco da retomada onde vamos ter cerca de 30 milhões de reais para fomentar o microcrédito e os caça empreendedores vão buscar nos bairros a dona de casa quer colocar um negócio. Vou oferecer até 15 mil reais de microcrédito para projetos que tenham como gerar mais empregos nas ruas e bairros da cidade”, comentou Nilvan Ferreira.

O candidato também falou dos recursos para a instalação do Hospital do Idoso e de valorizar o atendimento básica. “Teremos uma economia cortando gorduras e privilégios de cerca de R$ 150 milhões por ano. Vamos enxugar essa máquina e vou buscar recursos na bancada federal para favorecer a instalação do hospital. O vice-prefeito é do exército e teremos uma relação com o Ministério da Saúde. Também precisamos valorizar a saúde básica. Perdemos cerca de 200 milhões em relação ao orçamento do ano passado e vamos recuperar esses números para fazer o maior programa de incentivo e valorização ao atendimento no PSF porque é lá onde 80% dos problemas podem ser resolvidos. Vamos valorizar os profissionais: médicos, enfermeiros e auxiliares de saúde e os agentes de combate às endemias. E, também vamos fazer com que o exame não demore um ano para ser feito, através do prontuário eletrônico”, disse.

O candidato também ressaltou as propostas para o meio ambiente e a mobilidade urbano. “João Pessoa precisa ter uma política de meio ambiente que valorize os rios urbanos e a construção da via Jaguaribe. Nós vamos fazer a universalização do saneamento básico e vamos resolver um problema sério que é o de poluição dos nossos rios dando às pessoas condições de vida de qualidade tudo de acordo com a sustentabilidade. O projeto do BRT que se perderam os recursos de cerca de quase R$ 100 milhões nós precisamos ir em busca para que o projeto seja concretizado. Vou subsidiar a passagem. A prefeitura vai entrar com os recursos para baratear como outras capitais fazem”, explicou.