Política

ELEIÇÕES 2020: "Não poderia impedir candidaturas de aliados, mas dessa escolha devem ser colhidos o ônus e o bônus", afirma João Azevêdo

ELEIÇÕES 2020:

O governador João Azevêdo (Cidadania) disse, em entrevista nesta segunda-feira (19), à TV Arapuan, que não poderia impedir o lançamento de candidaturas por partidos aliados nem a posição adotada pelo PDT em apoiar a candidatura de Edilma Freire (PV). Contudo, o gestor alertou que cada legenda deve responder no futuro pelos posicionamentos tomados no pleito municipal de 2020.

Azevêdo acredita que a eleição vai ser definida no segundo turno, que é quando a postura de cada partido será analisada.

“É o pragmatismo da política”, disse.

Para o governador, isso não é uma concessão aos partidos, mas a compreensão da autonomia de cada sigla, ponderando que dessa escolha devem ser colhidos o ônus e o bônus.