Política

'Cessem as calúnias ou vão arcar com as consequências': Embaixada chinesa reage a tuíte de Eduardo Bolsonaro

'Cessem as calúnias ou vão arcar com as consequências': Embaixada chinesa reage a tuíte de Eduardo Bolsonaro

A embaixada da China no Brasil acaba de soltar comunicado em que repudia o tuíte em que Eduardo Bolsonaro acusa o gigante asiático de usar a tecnologia 5G para espionagem. Depois do estrago feito, o deputado apagou a postagem.

“Eduardo Bolsonaro e algumas personalidades têm produzido uma série de declarações infames que, além de desrespeitarem os fatos da cooperação sino-brasileira e do mútuo benefício que ela propicia, solapam a atmosfera amistosa entre os dois países e prejudicam a imagem do Brasil”, diz a embaixada.

“Instamos essas personalidades a deixar de seguir a retórica de extrema direita norte-americana, cessar as desinformações e calúnias sobre a China e evitar ir longe demais no caminho equivocado. Caso contrário, vão arcar com as consequências negativas e carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil.”

china - 'Cessem as calúnias ou vão arcar com as consequências': Embaixada chinesa reage a tuíte de Eduardo Bolsonaro