Política

CARAS NOVAS NA ALPB: Conheça pré-candidatos que podem surpreender nas urnas e serem eleitos deputados estaduais em 2022

Um dos cargos que estarão em disputa nas eleições do próximo ano é o de deputado estadual. A um ano das eleições gerais de 2022, muitos agentes políticos da Paraíba já se movimentam em prol de suas pré-candidaturas e possíveis candidaturas em 2022.

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) tem 36 vagas em disputa, e está sempre propensa a uma renovação na bancada. Como feito na última semana com os cargos para deputado federal representando o Estado, o Polêmica Paraíba elenca 25 nomes que devem disputar uma vaga na Assembleia no próximo ano, na condição de “caras novas”, diferentes dos atuais parlamentares que ocupam o posto.

Os nomes foram divididos em cinco grupos de cinco integrantes cada. O critério de divisão foi a probabilidade, em tese, desses candidatos serem eleitos, devido a questões como agrupamento político, partido ao qual está filiado, recursos de fundo eleitoral e partidário, tempo de exibição em rádio e televisão, pela própria musculatura de seus nomes, entre outros. Os grupos estão dispostos em ordem decrescente (da maior probabilidade para a menor).

É importante lembrar que esses critérios podem, e devem mudar, pois muitos pré-candidatos podem se filiar a um novo partido político até a efetivação da candidatura. O primeiro grupo conta com os cinco pré-candidatos, que a preço de hoje, têm, em teoria, maiores chances de serem eleitos (confira os demais na sequência). São eles:

Chico Mendes: Prefeito de São José de Piranhas, Chico Mendes deve disputar o cargo pelo Cidadania.George Morais: Atua como chefe da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) e deve disputar o cargo pelo União Brasil, uma vez que é filiado ao Democratas.Aledson Moura: Aledson é atualmente suplente de deputado estadual, e deve disputar o cargo novamente. O partido, no entanto, não está definido. O pré-candidato já recebeu diversos convites.Ronaldo Cunha Lima Filho: Representando a família, Ronaldo Cunha Lima Filho já confirmou que é pré-candidato pelo PSDB.Michel Henrique: Filho da deputada federal Edna Henrique e do ex-deputado estadual João Henrique, Michel já afirmou que será candidato para “herdar” a vaga deixada pelo pai. Mesmo filiado ao PROS, Michel já afirmou que irá concorrer por outra legenda.

Segundo grupo

Danielle Rodrigues: Secretária de Finanças da prefeitura de Mamanguape, Danielle é filha da prefeita da cidade, Eunice Pessoa. Ela é atualmente filiada ao Republicanos.Tibério Limeira: Atualmente atua como secretário estadual de Desenvolvimento Humano. Antes, foi vereador de João Pessoa, eleito pelo PSB.Fábio Ramalho: Fábio é o atual prefeito de Lagoa Seca, e deve disputar o pleito pelo PSDB.Airton Pires: Ex-prefeito de São João do Rio do Peixe (entre 2013 e 2020), Airton deve disputar o cargo pelo Progressistas.Marcos Henriques: Atualmente vereador de João Pessoa, Marcos Henriques é um dos candidatos do PT que disputará o cargo de deputado estadual.

Terceiro grupo

Gustavo Feliciano: Filho do casal Damião e Lígia Feliciano, Gustavo é secretário estadual do Turismo e Desenvolvimento Econômico. Deverá disputar o cargo pelo PDT.Dudu Dantas: Dudu é ex-prefeito de Cubati (entre 2013 e 2020). Ele comandou a cidade filiado ao PSB.Nilson Lacerda: Ex-prefeito de Conceição (entre 2013 e 2020), Nilson Lacerda deve disputar o pleito pelo PSDB.Juiz Ramonilson: Ramonilson Alves foi candidato a prefeito de Patos nas últimas eleições municipais, pelo Patriota.Tanilson Soares: Vereador de João Pessoa, Tanilson deverá disputar o cargo no lugar do pai, atualmente deputado estadual, Edmilson Soares. Tanilson deve disputar o pleito pelo Avante.

Quarto grupo

João Suassuna: Filho do ex-prefeito de Riacho dos Cavalos, Napu Suassuna, e casado com a ex-prefeita de São Bentinho, Giovana Olímpio, João Suassuna deve disputar o pleito. Ainda não há definição por qual partido disputará o cargo.Gilberto Linhares: Ex-prefeito de Lagoa, Gilberto renunciou sua candidatura à reeleição em 2020 após ter o registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral. Ele iria disputar o pleito pelo Republicanos.Aron Andrade: Ex-prefeito de Itatuba por dois mandatos (2013 a 2020), Aron foi eleito em 2016 pelo PSB.Leonice Lopes: Ex-prefeita de Boa Ventura por dois mandatos (2013 a 2020), Leonice deve disputar o cargo pelo Republicanos.Pedrito Gomes: Atual secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão de Cruz do Espírito Santo, Pedrito já foi prefeito da cidade por dois mandatos (2013 a 2020). Pedrito deve disputar o pleito pelo DEM.

Quinto grupo

João Paulo Segundo: Ex-prefeito de Boqueirão por dois mandatos (2013 a 2020), João Paulo Segundo deve disputar uma cadeira na ALPB pelo PSD.Cícero Legal: Dirigente estadual do Partido dos Trabalhadores, Cícero Legal chegou a comandar a comissão interventora do PT de João Pessoa após o imbróglio envolvendo o partido nas eleições municipais de 2020.Marmuthe Cavalcanti: Atualmente exercendo o cargo de vereador de João Pessoa pelo PSL, Marmuthe deve disputar uma cadeira na ALPB.Myriam Gadelha: Integrante da tradicional família de Sousa, Myriam foi candidata a vice-prefeita da cidade em 2020, mas sem lograr êxito. Filiada ao PT, deve tentar uma vaga na Assembleia.Sargento Neto: Atualmente é vereador de Campina Grande, eleito pelo PSD.