Política

Adriano Galdino critica imprensa, sai em defesa de Queiroga e diz que "fritura é organizada": "Diminuir a força política do Nordeste" – ASSISTA

Adriano Galdino critica imprensa, sai em defesa de Queiroga e diz que

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), saiu em defesa do ministro da Saúde, o paraibano Marcelo Queiroga, após o mesmo estirar o dedo do meio para manifestantes em Nova York na noite dessa segunda-feira (20).

Durante sessão nesta terça-feira (21), Galdino criticou a imprensa, ao dizer que o vídeo foi mostrado de forma isolada e não mostrou as provocações feitas contra Queiroga, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e a comitiva brasileira que participa da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) nos Estados Unidos.

“Esse vídeo está dentro de um contexto. Se houvesse a preocupação de fazer uma imprensa séria, que se colocasse o vídeo completo, o contexto completo. Ele deve ter ouvido muitas palavras obscenas contra ele para ele ter tido aquela reação”, disse.

Galdino citou uma “fritura” contra Queiroga e que a mesma é feita contra o ministro paraibano de maneira organizada, uma vez que, na sua visão, os mesmos que querem o nordestino foram do ministério, querem algum paulista, gaúcho ou carioca para ocupar o posto.

“Que ninguém se engane. Essa fritura contra um ministro paraibano é pra colocar um ministro de São Paulo, do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná. Essa fritura é organizada e tem esse intuito de diminuir a nossa força política do Nordeste”, argumentou.

O presidente Adriano Galdino ainda elogiou o trabalho feito por Queiroga à frente do ministério da Saúde, atribuindo a ele a aceleração da vacinação contra a Covid-19 no País. A fala de Adriano Galdino foi defendida pela também deputada estadual Dra. Paula.

Assista: