País

VIOLÊNCIA POLÍTICA: Nordeste lidera ranking de atentados contra pré-candidatos no Brasil; veja alguns casos

VIOLÊNCIA POLÍTICA: Nordeste lidera ranking de atentados contra pré-candidatos no Brasil; veja alguns casos

O Nordeste é a região brasileira com o maior número de atentados e assassinatos políticos no país, foi o que revelou a pesquisa “Violência Política e Eleitoral no Brasil” lançado recentemente pelas organizações Terra de Direitos e Justiça Global, na região foram mapeadas 55 ocorrências., o estudo mapeou em todo o país, entre janeiro de 2016 e agosto de 2020, 125 atos violentos contra a vida. Uma média de, pelo menos, 27 casos de ataque à vida de mandatários eleitos e pré-candidatos por ano.

Cerca de 63% dos crimes permanece sem solução. Entre as principais vítimas, vereadores eleitos e pré-candidatos a vereadores (61%) e prefeitos e vice-prefeitos eleitos e pré-candidatos (26%).

Nos exemplos mapeados, 83% dos atentados e assassinatos aconteceram em cidades do interior do país.

Cerca de 63% dos crimes mapeados permanece sem solução. Entre as principais vítimas, vereadores eleitos e pré-candidatos a vereadores (61%) e prefeitos e vice-prefeitos eleitos e pré-candidatos (26%).

Abaixo, confira alguns atentado sofridos por candidatos da Paraíba e em outros pontos do Nordeste somente este ano.

Na Paraíba

 Candidato a vereador da cidade de Santa Rita sofre atentado e tem carro atingido por tiros

Assis da Capoeira,  candidato a vereador de Santa Rita, Paraíba, foi alvo de um atentado no bairro Eitel Santiago. A esposa do candidato informou que ele saiu para comprar pão em uma padaria  na rua onde mora, quando o carro dele foi interceptado por uma dupla de moto que atirou contra o veículo. O caso aconteceu do dia 2 de outubro.

Os tiros atingiram o pára-brisa e o candidato não foi atingido porque saiu em alta velocidade. O caso foi registrado na 6ªDD em Santa Rita.

Atentado sofrido por candidatos no Sertão da Paraíba Um atentado sofrido por uma candidata prefeita e dois candidatos a vereador da cidade de Condado, no Sertão paraibano, está sendo investigado pela Polícia Civil.

De acordo com as informações policiais dois homens em uma moto teriam efetuado vários disparos de arma de fogo contra o veículo onde estavam a candidata Maria Elandia Gomes de Oliveira, mais conhecida como “Landinha” e os dois candidatos a vereador, identificados como Renato Machado e Leo. O caso aconteceu no último dia 24 de outubro.

Candidato a prefeito de João Pessoa Nilvan Ferreira 

O candidato a prefeito Nilvan Ferreira sofreu um suposto atentado no último domingo durante ato de campanha em João Pessoa. Segundo a sua assessoria, enquanto ele abraçava eleitores, um carro com dois ocupantes se aproximou e um deles apontou uma pistola para a vítima.

O motorista do veículo, com placa de João Pessoa – MOW 1562, também promoveu ameaças e agressões verbais contra o candidato. Quando um dos homens desceu do carro, a equipe de segurança de Nilvan o retirou do local imediatamente e um tumulto se formou em seguida, nas imediações do Tambaú Flat. O caso aconteceu no dia 27 de setembro.

Atentados em outros estados do Nordeste

Candidato à Prefeitura de Amontada tem carro atingido por tiros

A Polícia Civil em Amontada, na região Norte do Estado, está investigando um possível atentado a tiros contra o candidato à Prefeitura da Cidade, Paulo César dos Santos (PT).  Segundo relato da esposa dele, que estava no local, o casal se dirigia a uma fazenda de sua propriedade na zona rural do município, por volta de 21h30  sábado 26 de setembro quando foi abordado por dois homens em uma moto que abriram fogo contra o carro.

Carro de candidato do PT a prefeito no Ceará é alvo de tiros

O carro do candidato do PT à Prefeitura de Amontada, Paulo César dos Santos (PT), foi alvejado a tiros quando ele estava com a esposa. O casal não foi atingido. A polícia apura se o episódio pode ser caracterizado como um atentado por razões políticas.

Candidato à vice-prefeito de Maragogipe sofre atentado

O candidato à vice-prefeito do município de Maragogipe (BA), Roque do Trator (PDT) sofreu um atentado durante carreata da Chapa Maragojipe Feliz de Novo.

O carro conduzido pelo prefeiturável foi atingido por pedras quando chegava na sede do partido, mas o candidato e sua esposa, que também estava no interior do veículo quando o crime aconteceu, sofreram apenas escoriações leves com os estilhaços do vidro.