País

FLEXIBILIZAÇÃO: Campina Grande libera aulas presenciais para educação infantil em escolas particulares

FLEXIBILIZAÇÃO: Campina Grande libera aulas presenciais para educação infantil em escolas particulares

criança aula covid 300x169 - FLEXIBILIZAÇÃO: Campina Grande libera aulas presenciais para educação infantil em escolas particularesA Prefeitura de Campina Grande autorizou nesta quinta-feira (1°) a retomada das aulas presenciais, a partir do dia 7 de outubro, nas instituições privadas de educação infantil, cursos de idiomas e reforço escolar no município.

O retorno é facultativo e a administração municipal deve reavaliar o quadro 21 dias após a reabertura. As instituições também devem, de acordo com a Prefeitura, cumprir as recomendações sanitárias estabelecidas pela secretaria de Educação.

O secretário municipal de saúde, Filipe Reul, justificou que esta etapa de flexibilização é possível graças à estabilização dos números de pacientes infectados. A partir desta sexta-feira (2), o município vai testar os colaboradores dessas instituições para a Covid-19, conforme orientação da Secretaria de Saúde.

A Prefeitura explicou que tomou a decisão baseada em uma análise da Diretoria de Vigilância em Saúde que verificou nas crianças do município com até 6 anos de idade, 48 casos positivos de Covid-19, onde os sinais foram semelhantes a síndromes gripais leves ou episódios alérgicos.

O município também levou em consideração a estabilização da doença e da curva de infectados, além da melhoria das taxas de letalidade e ainda as consequências socioemocionais do público da Educação Infantil, além da situação financeira desses estabelecimentos de ensino.

Um grupo de instituições privadas de ensino infantil também solicitou autorização para a reabertura, através de um procedimento administrativo junto à promotoria da Educação. O Ministério Público mediou a decisão e vai expedir recomendações aos estabelecimentos.