País

Empresa acha interessados em alugar garagem para guardar móveis

Empresa acha interessados em alugar garagem para guardar móveis

Você tem um espaço vazio na garagem ou mesmo dentro de casa? Já pensou em ganhar dinheiro com ele? Essa é a proposta da startup Cabemcasa, que faz a intermediação entre pessoas interessadas em alugar espaços dentro de casa e interessados em lugares para guardar de móveis a até veículos.

A ideia surgiu ainda em 2016, quando o atual CEO da empresa, João Paulo Albuquerque, precisava de um lugar para guardar os móveis de um bar em reforma do qual era sócio. O custo-benefício de deixar os objetos em uma casa próxima ao empreendimento falou mais alto do que alugar um espaço em um guarda-móveis convencional.

“Era uma opção mais barata e conveniente. Fizemos uma busca e percebemos que não tinha nenhuma plataforma que pudéssemos usar para guardar as coisas para gente”, contou Albuquerque.

Para fazer uso da ferramenta é simples: os que querem alugar um espaço devem preencher um cadastro no site da empresa e incluir fotos e dados sobre o local, explicou o CEO. O processo é gratuito e o locatário (ou guardião) define o preço do espaço. Em caso de dúvidas, a Cabemcasa sugere um valor, de acordo com a média de preços da região e pelas características do local. A startup recebe 20% do valor cobrado pela locação do espaço.

Os usuários que estão em busca de um espaço vão selecionar a região em que querem fazer a locação e terão acesso a uma lista com os locais cadastrados, com valor, foto e informações do guardião do local.

“Geralmente, o Facebook do guardião aparece no perfil do site, o que aumenta a sensação de segurança. Queremos criar uma comunidade de pessoas confiáveis. Antes de aprovar a locação verificamos os documentos dos guardiões, a pessoa precisa mandar CPF, RG e comprovante de residência”, disse Albuquerque.

Com um investimento de 70 mil reais, os sócios João Albuquerque e Marlon Pascoal, diretor de tecnologia e co-fundador, têm cerca de 300 pessoas cadastradas no site. O lançamento oficial da ferramenta foi no início deste mês, quando os internautas começaram a alugar espaços.

“Ainda estamos entendendo o mercado, não temos metas muito claras, mas esperamos ter de cinco a 10 mil usuários cadastrados até o final do ano”, contou Albuquerque.

A expectativa é fechar entre 40 e 50 transações mensais, segundo o CEO. Além de alugar espaços para armazenamento de pertences, a Cabemcasa também permite a locação de garagens para veículos.