País

Campina Grande abre consulta pública sobre ensino híbrido

Campina Grande abre consulta pública sobre ensino híbrido

A Secretaria Municipal de Educação de Campina Grande (Seduc) lançou nesta segunda-feira (28) uma consulta pública para que pais, estudantes, gestores, professores e outros profissionais da educação opinem sobre o início do ensino híbrido, que compreende aulas presenciais e remotas. Para participar, basta acessar este link.

Para o secretário municipal de Educação, Rodolfo Gaudêncio, a visa compartilhar com a população a tomada de decisões sobre a flexibilização do isolamento dos estudantes. “Este é o momento da sociedade se posicionar. É o momento de estabelecer um diálogo democrático e fazer com que os pais e profissionais da educação façam parte deste debate”, explicou.

Segundo ele, o retorno das aulas presenciais sempre levará em consideração os números da Saúde. “A flexibilização do isolamento para o início do ensino híbrido respeita, primeiramente, os índices epidemiológicos divulgados pela Secretaria de Saúde, mas não apenas isso. Para voltarmos às aulas presenciais, é preciso também que a comunidade escolar se posicione sobre o assunto e se comprometa a respeitar o protocolo de proteção”, afirmou.

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam que Campina Grande tem mais de 13 mil casos de coronavírus, com 375 mortes.