País

Auxiliares lutam para evitar que Bolsonaro agrave crise com pronunciamento

Auxiliares lutam para evitar que Bolsonaro agrave crise com pronunciamento

É grande a luta no Planalto na manhã desta quarta para evitar que Jair Bolsonaro agrave a crise da pandemia com novos ataques aos governadores e prefeitos durante o pronunciamento que fará nesta noite.

O almirante Flávio Augusto Viana Rocha, um dos mais próximos e influentes auxiliares do presidente, é quem tem a dura missão de focar o texto do pronunciamento na importância da vacina e não nas velhas desculpas e provocações que assombram a cabeça de Bolsonaro.

O país está no pior momento da pandemia, tendo registrado nesta terça 1.726 mortes por coronavírus, o número mais elevado desde o início da crise.