Mundo

Polícia alerta sobre plano de nova invasão ao Capitólio dos EUA

Polícia alerta sobre plano de nova invasão ao Capitólio dos EUA

A Polícia do Capitólio alertou nesta quarta-feira (3) sobre o plano de um grupo de extrema-direita para tentar invadir novamente na quinta-feira (4) o edifício que é sede do Congresso dos Estados Unidos, em Washington.

Em comunicado, a corporação informou que obteve dados dos serviços de inteligência que "mostram um possível complô de uma milícia identificada para invadir na quinta-feira, dia 4 de março, o Capitólio". O edifício já foi invadido uma vez neste ano, em 6 de janeiro, por apoiadores do ex-presidente Donald Trump.

"Já fizemos atualizações de segurança significativas que incluem o estabelecimento de uma estrutura física e um aumento do pessoal para garantir a proteção do Congresso, do público e de nossos agentes da polícia", diz a nota.

A polícia acrescentou que recebeu a informação com muita seriedade e que colabora com parceiros locais, estaduais e federais para impedir qualquer ameaça. Devido à "natureza delicada" dos dados que possui, a corporação não divulgou mais detalhes.

De acordo com a emissora CNN norte-americana, a informação repassada pelo FBI (polícia federal americana) e pelo Departamento de Segurança Nacional adverte que aumentou a discussão entre grupos extremistas, como a organização de extrema direita Three Percenters, sobre um possível plano de atacar o Capitólio no dia 4 de março.

Veja também
  • FBI investiga cerca de 2 mil casos de terrorismo interno nos EUA
    Internacional

    FBI investiga cerca de 2 mil casos de terrorismo interno nos EUA

  • YouTube volta a suspender canal de advogado de Trump
    Internacional

    YouTube volta a suspender canal de advogado de Trump

  • EUA indiciam mais de 300 pessoas por ataque ao Capitólio
    Internacional

    EUA indiciam mais de 300 pessoas por ataque ao Capitólio

Os apoiadores do movimento conspiratório QAnon acreditam que no dia 4 de março o ex-presidente americano Donald Trump tomará posse novamente, já que entre 1793 e 1933 a posse dos mandatários ocorria nessa data.

Centenas de seguidores do QAnon, membros de grupos de extrema direita e apoiadores de Trump invadiram o Capitólio no dia 6 de janeiro deste ano, quando era realizada uma sessão conjunta entre as duas câmaras do Congresso para certificar a vitória eleitoral do democrata Joe Biden.

  • eua
  • washington
  • capitólio
  • invasão capitólio
  • alerta
  • apoiadores
  • trump eua

Compartilhe: