Mundo

Ex-ministro da Defesa do México é preso em operação antidrogas

Ex-ministro da Defesa do México é preso em operação antidrogas

Autoridades dos Estados Unidos prenderam o ex-ministro da Defesa do México general Salvador Cienfuegos em um aeroporto de Los Angeles nesta quinta-feira (15), em cumprimento a mandado da Agência de Combate às Drogas (DEA), informou uma porta-voz da agência à Reuters.

À frente da pasta da Defesa no governo do ex-presidente mexicano Enrique Peña Nieto, o general foi uma figura poderosa na guerra às drogas do México, na qual o Exército enfrenta cartéis de todo o país. Várias das autoridades mexicanas de alto escalão da guerra às drogas foram implicadas com o narcotráfico.

A prisão ocorre menos de três semanas antes da eleição presidencial norte-americana. O presidente Donald Trump, que busca um segundo mandato, fez da repressão à atividade dos cartéis um objetivo destacado, mas sem grandes progressos desde que tomou posse, em 2017.

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse no Twitter quer foi informado da detenção de Cienfuegos pelo embaixador dos EUA no México.

"O cônsul de Los Angeles estará me informando das acusações nas próximas horas. Oferecemos a assistência consular à qual ele tem direito. Eu os manterei informados", escreveu.

Uma fonte diplomática mexicana disse que familiares de Cienfuegos que viajavam com ele no momento da detenção já foram libertados. Vários membros do gabinete e do partido de Peña Nieto foram implicados em casos de corrupção de alto nível, às vezes envolvendo alegações de laços com o crime organizado.