Mundo

Após tomar vacina de Oxford, Merkel toma 2ª dose da Moderna

Após tomar vacina de Oxford, Merkel toma 2ª dose da Moderna

Após ter tomado a primeira dose da vacina de Oxford, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, completou nesta terça-feira (22) seu ciclo de imunização, porém com a fórmula da Moderna.

A confirmação foi dada pelo porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert. Merkel, 66 anos, foi vacinada com o imunizante da AstraZeneca/Oxford em 16 de abril, pouco depois de as autoridades sanitárias da Alemanha terem recomendado esse produto apenas para maiores de 60 anos.

Ainda não há estudos clínicos conclusivos sobre a eficácia de regimes de vacinação mistos, nos quais a segunda dose é de um produto diferente da primeira.

O imunizante da AstraZeneca se baseia em um adenovírus inativo contendo os genes que codificam a proteína spike, espécie de casca de espinhos do coronavírus Sars-CoV-2.

Já a vacina da Moderna utiliza a tecnologia do RNA mensageiro (mRNA), uma sequência genética sintética que também instrui as células humanas a produzirem a proteína spike, induzindo a resposta do sistema imunológico.