Geral

Tulum, no México | Quanto custa uma viagem como a de Sasha Meneguel?

Tulum, no México | Quanto custa uma viagem como a de Sasha Meneguel?

A viagem de Sasha Meneghel para a paradisíaca Tulum, no México, está dando o que falar nas redes sociais. Só uma foto da filha de Xuxa em uma praia já rendeu mais de 150 mil curtidas.

Ok, mas quanto custa ir para lá? A resposta depende de quanto se quer gastar. Mas pode variar entre R$ 3.200 a R$ 153 mil —incluindo passagens de avião, hotel, deslocamento do aeroporto para a cidade e ao menos dois passeios. Não estão inclusos gastos com alimentação, o que varia de pessoa para pessoa.

O aeroporto mais próximo de Tulum fica na popular Cancún, a cerca de 130 quilômetros de distância. Há opções de voos do Brasil para lá a partir de R$ 2.641, partindo de São Paulo; R$ 3.097 com embarque no Rio de Janeiro e R$ 3.675 saindo de Brasília.

As simulações de voos foram feitas para permanência de cinco dias em Tulum, com saída na próxima quarta-feira (27) e retorno no domingo (31).

Mas é possível encontrar voos mais baratos quando se busca sem ter data definida. Para embarque no começo de abril em São Paulo fica R$ 2.534, R$ 2.650 com saída em maio do Rio de Janeiro e R$ 2.610 de Brasília. Todos os valores são por pessoa, sem as taxas.

De São Paulo e do Rio de Janeiro, os voos até Cancún demoram mais de 10 horas, com pelo menos uma parada no caminho. Já de Brasília, a viagem leva mais de 15 horas, sem ser direto. Em alguns casos, a duração menor pode deixar o preço da passagem mais salgado.

Depois da longa viagem até Cancún, é hora de ir até Tulum. A opção mais barata é ir de ônibus: entre R$ 26 a R$ 45.

Mas com malas e numa cidade desconhecida, alguns viajantes podem querer a praticidade do carro e, consequentemente, gastar mais. De táxi, o trajeto pode custar entre R$ 750 a R$ 950. Já de Uber R$ 465,94. Também é possível alugar um carro simples, a partir de R$ 118,84 a diária, ou reservar um carro categoria premium, que pode passar de R$ 1.700 a diária.

De ônibus ou de carro, a viagem de Cancún até Tulum leva pouco mais de duas horas.

Diária em hotéis custam de R$ 114 a R$ 35,5 mil

Sasha e o namorado estão no Hotel Azulik, badalado entre as celebridades. No local, há quatro opções de acomodações, com diárias a partir de R$ 4.538 para um casal. Porém, o quarto chamado de "Aqua Villa" custa R$ 35.565 por dia. Ou seja, para permanecer quatro noites no local, o turista pode desembolsar entre R$ 18.151,08 a R$ 142.259,09.

Mas há opções mais acessíveis, a partir de R$ 114 em hotel no qual os quartos são em formato de tubo, construídos em meio a natureza. Para quatro noites será preciso desembolsar R$ 456. As praias ficam a mais de quatro quilômetros de distância.

Próximo do hotel onde está Sasha, é possível encontrar hospedagem a partir de R$ 582 a diária, para duas pessoas. Com três estrelas, o Serena Glamping Tulum fica a poucos metros da praia, mas tem apenas dez acomodações e, por isso, pode ser difícil conseguir reserva. Não é possível levar crianças ou animais de estimação durante a estadia.

O que fazer em Tulum?

Tulum, no México, tem um sítio arqueológico maias em frente a uma praia paradisíaca - Divulgação - Divulgação
Tulum, no México, tem um sítio arqueológico maias em frente a uma praia paradisíaca
Imagem: Divulgação

As praias paradisíacas, rodeadas pelo mar azul-turquesa, são a principal aposta de muitos turistas. Mas a cidade possui outras atrações. Uma delas são os cenotes, poços de água formados por rios subterrâneos —alguns deles são dentro de cavernas e outros ao ar livre. Os ingressos para esses locais custam a partir de 5,87 euros, o que corresponde a quase R$ 40.

Tulum também é conhecido pelos sítios arqueológicos maia. Ali é possível encontrar a única ruína maia localizada de frente para o mar, construída há mais de 1.000 anos. O principal cartão-postal do lugar é o "Castillo" (Castelo), uma estrutura de 12 metros de altura erguida em uma escarpa sobre o oceano.

A entrada à ruína maia custa 75 pesos mexicanos, o que equivale a R$ 20,46. Após as 16h30, o acesso fica mais caro e custa 240 pesos mexicanos, cerca de R$ 65,46. Menores de 13 anos e pessoas com deficiência não pagam para entrar no local. Também são isentos aposentados e estudantes, mas é preciso apresentar credencial do país para conseguir a gratuidade.