Geral

Hospital da Unimed João Pessoa oferece dieta vegana para pacientes

Respeitar hábitos e preferências alimentares é importante para uma melhor adesão à dietoterapia

Optar por ter uma alimentação vegana é mais que uma escolha apenas nutricional, ela representa uma mudança de estilo de vida e de pensamento. Porém, quando a nutrição não depende apenas do indivíduo, como durante um período de internação em unidade hospitalar, é mais difícil seguir as especificações. Por isso, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley, que é a unidade de ponta do plano de saúde Unimed João Pessoa, oferece aos seus clientes a opção de dieta vegana/vegetariana para seus clientes.

De acordo com Karine Raulino, supervisora de Nutrição Produção, do Hospital Alberto Urquiza, a conduta nutricional, mesmo estando em uma instituição de saúde que trabalha a coletividade, deve atender as necessidades individuais de cada paciente. “Respeitar seus hábitos, intolerâncias, preferências e aversões alimentares são requisitos imprescindíveis para uma atuação mais assertiva”, aponta.

Karine acredita que, desta forma, o paciente apresentará uma melhor adesão à dietoterapia estabelecida. “Isto diminui o risco de utilizar suplementos alimentares para atingir as necessidades nutricionais por falta de ingestão adequada”, explica.

Solicitação — O acesso à dieta vegana no Hospital Alberto Urquiza Wanderley é feito por meio do nutricionista clínico que, ao realizar a anamnese no paciente do plano de saúde adepto ao veganismo, fará as adaptações necessárias. Em seguida, são solicitados os insumos específicos caso haja necessidade. “Uma vez prescritas em sistema, os ajustes serão seguidos de modo que a dietoterapia estabelecida seja cumprida”, conta. Apesar disso, a supervisora revela que o percentual de solicitações da dieta vegana chega a, no máximo, 15 pacientes ao ano.

Segundo pesquisa realizada pelo Ibope, encomendada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), 14% da população brasileira, cerca de 30 milhões de pessoas, é adepta da alimentação vegetariana, um aumento de 75% em comparação a 2012. Alimentação — A principal diferença entre vegetarianismo e veganismo é que o primeiro baseia-se em uma rotina sem consumo de carnes, porém, ovos, leites e derivados podem estar presentes. Já no veganismo é um estilo de vida que busca não utilizar nenhum alimento de origem animal, assim como produtos que tenham sido testado em animais.

A principal preocupação ao retirar as proteínas animais das refeições é como substituí-las. Segundo a nutricionista vegetariana e vegana, Sarah Carneiro Mendonça, a junção de leguminosas (feijões, grão-de-bico, lentilha, ervilha, proteína de soja, etc) e cereais (arroz, quinoa, trigo, milho, cevada e centeio) geram uma alta concentração de aminoácidos essenciais. “Essa combinação pode oferecer a quantidade necessária de proteína na refeição”, explica.

De acordo com Sarah, a alimentação vegana contém todos os nutrientes necessários, exceto a vitamina B12. “Neste caso, deverá ser realizada a suplementação”, explica.

O acompanhamento com um nutricionista capacitado na área que possa orientar e elaborar um plano alimentar é essencial. “Para aderir a esta é fundamental estar aberto a novos alimentos, bem como doar um tempo para fazer as receitas. É preciso gerar sabor para os alimentos e principalmente facilitar a rotina alimentar”, ressalta.

Sobre a Unimed JP – Com 49 anos de tradição, a Unimed João Pessoa é uma cooperativa de trabalhos médicos que se consolidou como a melhor e maior operadora de planos de saúde da Paraíba. Além dos mais de 1,8 mil médicos cooperados, possui a mais completa rede de assistência médico-hospitalar privada do Estado. São diversos hospitais credenciados, sendo dois próprios – um deles referência em alta complexidade -, além de clínicas, prontos-socorros e laboratórios à disposição de 155 mil clientes. Comprometida com o desenvolvimento sustentável, é signatária do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). Tudo isso garante à Unimed JP a liderança absoluta no segmento de saúde suplementar no mercado paraibano.