Geral

Em Ouro Preto | Ônibus cai em ribanceira em Minas Gerais e deixa mortos

Em Ouro Preto | Ônibus cai em ribanceira em Minas Gerais e deixa mortos

Um ônibus de passageiros que levava ao menos 28 pessoas se envolveu em um grave acidente na manhã de hoje e caiu em uma ribanceira em Minas Gerais, de acordo com o Corpo de Bombeiros do estado. Informações iniciais citaram três mortes, mas a corporação corrigiu o número para dois óbitos.

Segundo os Bombeiros, o ônibus saiu do Espírito Santo com destino a Ouro Branco (MG). O veículo caiu em uma ribanceira no distrito de Santa Rita de Ouro Preto, em Ouro Preto (MG), em um local de difícil acesso e sem sinal telefônico ou de internet.

Ainda não se sabe as causas do acidente.

Ainda conforme a corporação, 28 pessoas estavam no ônibus. Segundo o Corpo de Bombeiros foram confirmados duas mortes, de pessoas ainda não identificadas, que foram ejetadas do veículo. Seis vítimas estão em estado grave, entre elas um homem de 50 anos que foi entubado no local e conduzido pela aeronave Arcanjo para o Hospital João XVIII em Belo Horizonte.

Outras 21 vítimas com ferimentos leves receberam os primeiros socorros no local e foram conduzidos por ambulâncias para hospitais da região.

Os ocupantes do ônibus são profissionais que estavam vindo do Espírito Santo para prestar serviços à empresa GERDAU em Ouro Branco (MG).

"O motorista do ônibus está em classificação verde, o que significa que teve apenas ferimentos leves e foi encaminhado para um hospital da região. Ainda não sabemos as causas do acidente mas a perícia já está trabalhando no local" esclareceu o Tenente Caetano da Polícia Militar de Minas Gerais.

O ônibus prestava serviço de transporte de funcionários da Gerdau. Segundo o corpo de bombeiros, o quantitativo de vítimas foi confirmado pela lista de passageiros. Todas as vítimas foram socorridas mas os bombeiros permanecem no local para confirmar se haviam outras pessoas no ônibus que não estavam na lista de passageiros.

Os trabalhos de resgate e socorro às vítimas foram feitos por 42 bombeiros militares com o apoio do Samu de cidades vizinhas, dois carros da Gerdau, seis viaturas da PM e duas aeronaves Pegasus.

MG - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Mulher denuncia racismo após ser acusada de furto em shopping de São Paulo
Imagem: Arquivo pessoal