Geral

Documentário exibe idosas britânicas fazendo 'turismo sexual' em Gâmbia

Documentário exibe idosas britânicas fazendo 'turismo sexual' em Gâmbia

Um documentário exibido na última segunda-feira (28/9) pelo Channel 4, do Reino Unido, mostrou idosas britânicas viajando a Gâmbia para fazer “turismo sexual” no país africano.

Com uma hora de duração, o documentário investigou a reputação de Gâmbis como destino popular de aposentadas do Reino Unido para aventuras sexuais. Nas imagens, dezenas de idosas curtem praias da nação africana enquanto disputam a atenção de jovens – alguns deles com um quarto da idade das turistas europeias – que oferecem companhia em troca de “doações”. Turistas ficam a ficar meses em Gâmbia por causa da ampla oferta sexual. A maioria delas volta ao lugar de origem sozinha, mas outras se casam com nativos e permanecem na nação africana ou os levam para a Europa.

Uma das idosas entrevistadas pelo repórter britânico Seyi Rhodes chegou a classificar Gâmbia como um “paraíso”, pois lá “se pode ter um homem diferente a cada noite”.

De acordo com o “Sun”, muitos telespectadores classificaram a atração televisiva como “chocante” e “perturbadora”.

Portugal foi o primeiro país europeu a colonizar a região de Gâmbia, cercada quase totalmente pelo Senegal e ponto estratégico no comércio de escravos. Em 1765, Gâmbia se tornou colônia britânica, sendo unida ao país vizinho, sob o nome de província da Senegâmbia. Em 1965, a Gâmbia alcançou a independência do Reino Unido.

As imagens exibidas pelo Channel 4 mostram, para muitos um novo tipo de colonialismo: o sexual.

xblog gambia 2.jpg.pagespeed.ic .dfZuy5NEgp - Documentário exibe idosas britânicas fazendo 'turismo sexual' em Gâmbia