Geral

Convidado do OtaLab | João Kléber diz querer resgatar o Teste de Fidelidade com uma 'nova linguagem'

Convidado do OtaLab | João Kléber diz querer resgatar o Teste de Fidelidade com uma 'nova linguagem'

João Kleber revelou, em entrevista no "OtaLab" desta semana, que pretende voltar com um dos quadros de maior sucesso de sua carreira. No bate-papo com Otaviano Costa, o apresentador disse ter o desejo de retomar o "Teste de Fidelidade", formato que ganhou expressão com João na RedeTV!, nos anos 2000 e 2010.

Hoje em dia, dá para fazer, sim, mas não daquela forma. Uma intenção minha é repaginar o 'Teste de Fidelidade', com uma nova linguagem. João Kleber, no "OtaLab"

jk - Reprodução - Reprodução
João Kleber foi um dos convidados de Otaviano Costa no "OtaLab" desta semana
Imagem: Reprodução

João falou sobre a experiência de apresentar o quadro na TV portuguesa, com o nome de "Fiel ou Infiel". A atração foi transmitida pela TVI, canal aberto de Portugal, entre 2005 e 2007.

O 'Teste de Fidelidade' atravessou fronteiras. (...) E foi o que me levou para Portugal, com outro nome. É um tema universal.

'Para audiência, nada melhor que traição'

Eu queria alguma coisa polêmica para a inauguração da TV e nada melhor que traição. Se hoje já dá polêmica, você imagine em 2000, né? Ele mexia com três coisas: a traição, o luxo e a fantasia do sexo. (...) Isso gerou uma grande audiência. Ficamos por dois anos seguidos em primeiro lugar nas segundas-feiras.

Parceria com Chacrinha

O apresentador falou ainda sobre a primeira experiência na TV aberta, substituindo Abelardo Barbosa, o Chacrinha, que sofria de problemas de saúde. E resgatou uma história envolvendo Roberto Carlos, no dia do enterro do Velho Guerreiro: "Roberto conversou com ele e agradeceu", contou.

Marcos Mion e Luciano Huck

João usou os mais de 30 anos de experiência na TV aberta também para comentar as mudanças que aconteceram recentemente na TV Globo. Segundo o apresentador, Luciano Huck tem um desafio maior que Marcos Mion: "Não é fácil tirar a marca de 30 anos do 'Domingão', mas o Luciano está muito bem. Ele vai conquistando um outro público".

E teve mais!

Além de João Kleber, Otaviano recebeu Papatinho para um bate-papo sobre os bastidores do mundo da música. O produtor relembrou o dia em que conheceu Snoop Dogg, nos Estados Unidos: "A diária do estúdio virou uma festa", contou Papato, que lembrou também a festa de Anitta em que fechou uma parceria com Will.I.Am, do Black Eyed Peas.

O premiado beatmaker também falou sobre a experiência de gravar com Gabigol. Ele e o atacante do Flamengo lançaram recentemente a faixa "Sei Lá" e, segundo Papatinho, o craque manda bem também com o microfone na mão: "A primeira vez que a gente foi no estúdio, ele ouviu uma música por mais de 100 vezes", revelou.

Você pode assistir a toda a programação do Canal UOL aqui.