Geral

Caso em São Paulo | De folga, PM e GCM trocam tiros após acidente de trânsito

Caso em São Paulo | De folga, PM e GCM trocam tiros após acidente de trânsito

Um policial militar e um guarda civil metropolitano de folga trocaram tiros na noite de ontem, no bairro de Perus, zona norte da capital paulista, após um acidente de trânsito. O caso é investigado pelas corporações e pela Polícia Civil.

Os nomes dos agentes não foram revelados. O acidente seguido do tiroteio ocorreu na avenida Fiorelli Peccicacco. Nenhum dos dois se feriu, mas um motorista de 36 anos que passava pelo local acabou atingido por estilhaços.

De acordo com registro da Polícia Civil, uma testemunha afirmou que o PM estava dirigindo seu carro embriagado, quando fechou o carro do guarda. Ocorreu uma pequena colisão. Os dois desceram do carro com armas em mãos e teve início o tiroteio.

Segundo a Polícia Civil, ambos trocaram tiros até descarregar ambas as suas armas. Três carros que estavam estacionados foram baleados. Após o tiroteio, houve, ainda, agressões físicas.

O PM, ainda de acordo com a polícia, ficou com muitos ferimentos no rosto, sendo socorrido a um pronto-socorro. Viaturas da PM, SAMU e do Corpo de Bombeiros foram ao local. Lá, o guarda prestou esclarecimentos.

Por meio de nota, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) afirmou que o policial militar "apresentou lesões após luta corporal".

As armas dos dois envolvidos foram apreendidas e encaminhadas à perícia. O caso foi registrado pelo 33º DP (Distrito Policial), em Pirituba, e foi encaminhado ao 46º DP, em Perus.

"A conduta do PM também é apurada em procedimento administrativo", acrescentou a SSP. Segundo as primeiras informações, o policial é integrante da Cavalaria da corporação.