Esportes

Treze perde para o Santa Cruz e perde chance de entrar no G4 da Série C

Treze perde para o Santa Cruz e perde chance de entrar no G4 da Série C

No estádio Amigão, neste sábado (17), o Treze recebeu o Santa Cruz pela décima primeira rodada do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro. Em uma partida muito equilibrada, quem levou a melhor foi a Cobra Coral, que venceu por 1 a 0 e se manteve na ponta da tabela.

A primeira oportunidade do jogo veio para o time do bairro São José. Destaque dos últimos jogos, o zagueiro Ítalo, aos 11 minutos experimentou Jordan, que estreava com a camisa do Santa, em um chute forte de fora da área, mas o arqueiro fez bem o movimento para defender e espalmou a pelota.

A resposta do tricolor veio aos 19. Toty bateu cruzado de direita e Andrey espalmou nos pés de Pipico, que virou e chutou, mas Ítalo evitou o gol e afastou o perigo.

Em novo chute de fora da área o Galo voltou a assustar com Vinícius Barba, que bateu firme da intermediária, de canhota, e a bola passou muito perto do travessão do Santa Cruz.

As duas equipes trabalhavam para não dar espaços ao adversário, e na hora de criar sentiam alguma dificuldade. Pouquíssimas vezes os times conseguiram entrar na área do rival com a bola trabalhada e em chance de finalizar.

Segundo tempo

Logo depois do intervalo o Treze parecia que iria se arriscar mais no ataque e, aos 2 minutos, Gilmar foi até a linha de fundo e cruzou na área. A bola desviou em Danny Morais e foi na rede pelo lado de fora.

Mas em um lance de bola parada, aos 8 minutos, quem abriu o placar foi o Santa Cruz. Didira cobrou falta da esquerda na área e Lourenço desviou de cabeça, desviando a bola que caiu no canto esquerdo de Andrey e morreu no fundo do gol.

O jogo ficou muito brigado e, em um lance polêmico, muita confusão aconteceu. Aos 27 minutos, Gilvan driblou Jordan e caiu. Os jogadores do Treze pediram pênalti e o tumulto começou. Bruno Menezes, no banco de reservas, subiu o tom nas reclamações e recebeu cartão vermelho.

Perto do apito final, aos 48, Ermínio teve a melhor chance de empatar. Ele invadiu a área e chutou cruzado de direita, mas a bola subiu demais.

A derrota deixa o Treze com 13 pontos, ainda na quinta colocação. No sábado (24), o Galo enfrenta o Paysandu, novamente no Amigão. O Santa Cruz segue na liderança, agora com 24 pontos. O próximo compromisso dos pernambucanos será no domingo (25), contra o Botafogo-PB, no Arruda.

Ficha técnica

Treze x Santa Cruz

Campeonato Brasileiro da Série C 2020 Grupo A – 11ª rodada Estádio: Amigão (Campina Grande)

Arbitragem: José Henrique de Azevedo Júnior; Djavan Costa da Silva e Raphael Max Borges Pereira, todos do Maranhão.

Gols: Lourenço (S) Cartões amarelos: Gustavo, Vinícius Barba, Maycon Paixão, Cláudio Murici (T); Bileu, Célio Santos (S) Cartão vermelho: Bruno Menezes (banco) (T)

Treze: Andrey, Gustavo (Ermínio), Ítalo, Nilson Júnior, Gilmar; Robson (Maycon), Vinícius Barba, Douglas Packer (Bruno Mota); Douglas Lima (Maycon Paixão), Frontini (Cláudio Murici) e Gilvan. Técnico: Márcio Fernandes.

Santa Cruz:  Jordan, Toty, Danny Morais, Célio Santos, Perí; André, Bileu, Didira (Tinga); Lourenço (Jaderson), Leonan (Paulinho) e Pipico (Caio Mancha). Técnico: Marcelo Martelotti.