Esportes

Transmissão do futebol | Canal do YouTube vira alternativa para ver o Brasil nas Eliminatórias

Transmissão do futebol | Canal do YouTube vira alternativa para ver o Brasil nas Eliminatórias

O mercado brasileiro tem uma alternativa para quem quiser assistir aos jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo que ainda não tiveram seus direitos vendidos ao mercado brasileiro. Um canal do YouTube originário do Equador promete exibir todos os jogos da competição para o Brasil, com exceção das partidas de Brasil e Argentina em casa, cobrando uma mensalidade de R$ 50,00.

O "El Canal de Futbol" é uma alternativa ao público brasileiro por causa do impasse dos direitos das Eliminatórias. Por uma nova regra da Fifa, os direitos das Eliminatórias agora são de cada federação nacional para os jogos em casa. Com isso, as TVs interessadas precisam negociar individualmente com cada país. A Globo, até agora, comprou os direitos de Brasil e Argentina. Para os outros participantes das Eliminatórias, a emissora carioca trata com a Mediapro, empresa espanhola intermediária que representa as demais oito federações, mas ainda não teve sucesso.

É por isso que existe a chance de um jogo oficial da seleção brasileira ficar fora da TV no Brasil. Até agora, a transmissão de Peru x Brasil nesta terça (13), às 21h, não tem transmissão na televisão aberta ou fechada garantida. Só a plataforma de streaming da Turner, o EI Plus, acertou para mostrar o jogo.

O canal equatoriano comprou os direitos das Eliminatórias da Copa do Mundo para o mercado local do Equador. Por causa do impasse dos direitos em algumas regiões, segundo apurou a reportagem do UOL Esporte, a Mediapro autorizou a exibição e a venda de direitos em pay-per-view para Brasil e Paraguai, além do próprio Equador.

As transmissões são feitas em espanhol, sem áudio em português. Além de Peru x Brasil, estão prometidas transmissões de todas as partidas que vão acontecer nesta terça, incluindo Bolívia x Argentina (17h, horário de Brasília) e Equador x Uruguai (18h). Ainda pouco divulgado, o serviço está apostando em posts patrocinados nas redes sociais para chamar a atenção do público no Brasil. Diversos estão sendo colocados, por exemplo, no Facebook e no Twitter.

O valor é salgado para o público brasileiro. O serviço cobra R$ 50 mensais e, além das Eliminatórias, mostra torneios equatorianos de futebol —como comparação, o UOL Esporte Clube, em parceria com o EI Plus, oferece o jogo desta terça-feira e partidas dos clubes do Campeonato Brasileiro que fecharam com a Turner por pacotes a partir de R$ 19,90. Caso um grupo de comunicação compre os direitos para o mercado brasileiro, o serviço deixará de exibir os jogos automaticamente e volta a ficar focado apenas em Equador e Paraguai.

Atualmente, a Globo segue em negociação com a Mediapro. A emissora corre contra o tempo para exibir a partida contra o Peru fora de casa amanhã. Caso não consiga fechar o acordo, a programação para amanhã prevê a novela "A Força do Querer" e o especial da série "Sob Pressão: Plantão Covid", que marcou alta audiência na semana passada e teve sua produção elogiada pela crítica.

Caso não exiba a partida, será a primeira vez desde 2017 que um jogo da seleção não é mostrado na Globo. Na ocasião, o contrato de direitos de transmissão de amistosos e das Eliminatórias com a CBF venceu e a negociação de renovação foi complicada. Um amistoso entre Brasil e Argentina daquele ano foi mostrado pela TVs Brasil e Cultura, além do Facebook oficial da Confederação Brasileira de Futebol. Depois, a emissora renovou o pacote pagando entre US$ 2 e 3 milhões.

Peru x Brasil pode ser visto no EI Plus, disponível para assinantes do UOL Esporte Clube.