Esportes

Torneio no Brasil | Copa América tem 41 casos de covid entre times e prestadores de serviço

*Com Gabriel Carneiro, do UOL, no Rio de Janeiro

O Ministério da Saúde confirmou ao blog que já foram registrados 41 casos positivos de covid em pessoas que têm ligação com a Copa América em apenas dois dias de competição. Segundo informação repassada por nota, desse total, 31 são de atletas ou de pessoas de comissão técnica que vieram ao país para a disputa e outros 10 de pessoas que foram contratadas para prestar serviço durante o evento.

A nota enviada não diz para qual serviço essas pessoas foram contratadas e se limita a relatar que todos esses casos aconteceram em Brasília. Além da capital, também recebem jogos as cidades do Rio de Janeiro, de Cuiabá e de Goiânia.

O Ministério afirmou que já foram realizados 2.927 testes de PCR até o último dia 13 de junho, o que significa que a taxa de contaminação representa 1,4%. É importante destacar, no entanto, que esse total inclui testes feitos mais de uma vez na mesma pessoa. Ou seja, a taxa de positivados é maior do que a divulgada. Nos próximos dias, haverá divulgação do resultado do sequenciamento genético para determinar quais as variantes do vírus.

A Venezuela, que começou a competição em Brasília, foi a seleção atingida pelo maior surto, tanto que a Conmebol mudou o regulamento e permitiu a inscrição de novos atletas. As delegações da Bolívia, do Peru e da Colômbia também já registraram casos de infectados.

Inicialmente, a Conmebol e o Ministério afirmaram que todas as pessoas que disputariam a Copa América no Brasil seriam vacinadas, mas essa promessa não foi cumprida.