Esportes

Roger pede, e Flu aguarda Copa do Brasil por Willian Bigode, do Palmeiras

Classificação e Jogos

Classificado para a Libertadores, o Fluminense tem um alvo definido para o ataque no mercado da bola. A pedido de Roger Machado e com crivo do departamento de scout, o Tricolor quer Willian Bigode, do Palmeiras.

O jogador de 34 anos não é titular absoluto em São Paulo, e o interesse dos cariocas é antigo. No ano passado, já em busca de reforços para a posição, o Flu pediu informações sobre Willian ao Palmeiras. A boa relação entre as diretorias gerou um acordo de palavra que a equipe paulista arcaria com parte dos vencimentos, mais altos do que a política tricolor, em um empréstimo até o fim do Brasileirão.

O contato foi feito quando Bigode disputaria sua sétima partida pelo Verdão no Brasileiro, e portanto não poderia mais ser transferido. O atacante chegou a ficar de fora da relação, mas sem acerto, acabou entrando em campo. O motivo foi interno: críticas à gestão pelas negociações com seu empresário, Eduardo Uram. O timing ruim para o negócio impediu que tudo ficasse selado ainda em setembro.

Agora, o Fluminense aguarda a final da Copa do Brasil para procurar o Palmeiras e tentar uma negociação com Willian. Elogiadíssimo pelo novo comandante do Tricolor, o versátil atacante de 34 anos é o desejo do clube das Laranjeiras para 2021.

Após o jogo de volta no domingo, quando os paulistas recebem o Grêmio no Allianz Parque, o Flu procurará o presidente Maurício Galiotte e sua cúpula de futebol para tentar trazer o jogador para o Rio de Janeiro, ainda sem definição sobre o modelo de negócio. Nem mesmo uma liberação amigável está descartada pelos paulistas em função de seu alto salário.

Willian tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2021 e tem como desejo renovar o vínculo com o Verdão ou ouvir propostas do exterior. Caso não avancem estas duas opções, o estafe do atacante conversará com interessados no mercado nacional, como é o caso do Flu.