Esportes

Rodolfo Rodrigues - Sem vencer há 3 jogos, São Paulo vê chance de título cair de 84% para 40%

Após duas derrotas (Bragantino e Santos) e um empate (Athletico-PR), o líder São Paulo viu sua vantagem cair de 7 pontos para 1 ponto e sua chance de título diminuir de 84,2% ao final da 27ª rodada para 40,2% ao final dessa última 30ª rodada, segundo os dados do estatístico e matemático Marcelo Leme de Arruda, do site Chance de Gol, que faz os cálculos com base nas probabilidades de vitória, empate e derrota para os jogos ainda não realizados.

Além de ser o 3º pior time nas últimas 3 rodadas com apenas 1 ponto, o São Paulo de Fernando Diniz viu seus rivais pontuarem bastante e se aproximarem na tabela de classificação. O Internacional, que venceu seus últimos 6 jogos, está agora a 1 ponto do São Paulo e aumentou sua chance de título de 15,9% para 22,2%. Nessa quarta-feira (20), o Colorado pega o São Paulo no Morumbi, com a chance de retomar a liderança, perdida na 18ª rodada.

O Atlético-MG, que está 4 pontos atrás do São Paulo, mas com 1 jogo a menos, tem agora 15,9% de chance (era 10,1% na rodada anterior). Já o Palemiras, time de melhor campanha nesse 2º turno, com 23 pontos em 11 jogos, aumentou sua chance para 13,4% (era de 4,5% há 3 rodadas).

O Flamengo, que venceu o Goiás por 3 x 0 nessa segunda-feira (18), dobrou sua chance, de 1,9% para 3,8%, mas ainda segue um pouco mais distante na luta pelo título, atrás ainda do Grêmio (4,5%). Curiosamente, os dois têm ainda um confronto entre eles atrasado.

Segundo o estatístico, quem chegar aos 80 pontos tem 100% de chance de ser campeão. Com 76 pontos o site calcula 95% de chance de título. Hoje o São Paulo lidera o campeonato com 57 pontos e 63,3% de aproveitamento. Para chegar aos 76 pontos, precisaria de mais 19 pontos em 8 rodadas (79,8% de aproveitamento). Se continuar com o aproveitamento atual (cerca de 63%), o São Paulo vai somar mais 15 pontos e chegar a 72 pontos.

Probabilidade de título no Brasileirão 2020 após a 30ª rodada:
1º São Paulo (40,2%)
2º Internacional (22,2%)
3º Atlético MG (15,9%)
4º Palmeiras (13,4%)
5º Grêmio (4,5%)
6º Flamengo (3,8%)
7º Santos (0,03%)
Outros (quase 0%)
Bahia, Coritiba, Goiás, Botafogo, Fortaleza, Vasco e Sport (0%)

Na briga pelas 6 vagas da Libertadores, São Paulo, Internacional e Atlético-MG já aparecem com 100% de chance. Flamengo, Grêmio e Palmeiras são os times com as maiores chances. Mas como esse G6 ainda pode virar G8, caso Palmeiras ou Santos ganhem a Libertadores, as chances de vaga aumentam para outros os times entre a 7ª e a 12ª colocação.

O Santos, com a vitória no clássico contra o São Paulo, aumentou sua chance de classificação pelo G6 para 12,7% e 56,9 via G8. Mas esses números podem mudar após o jogo de quarta-feira entre Corinthians x Fluminense, que se enfrentam na Neo Química Arena e também estão na briga direta por vagas no G7 e G8.

Chance de classificação para a LIbertadores 2020 pelo G6, G7 e G8:

Na briga contra o rebaixamento, o Cortiba, com a vitória sobre o Vasco, deu uma leva melhorada em suas chances (99,7% para 97,9%), mas está praticamente certo na Série B de 2021. Assim como o Botafogo, que perdeu para o Santos, caiu para a lanterna e tem 99,3% de chance de ser rebaixado. Já o Vasco, que tinha 19% de chance de cair, aumentou essa probabilidade para 29,7% após essa 30ª rodada.

Chance de rebaixamento no Brasileirão 2020 após a 30ª rodada:
1º Botafogo (99,3%)
2º Coritiba (97,9%)
3º Goiás (86,3%)
4º Bahia (40,5%)
5º Sport (35,7%)
6º Vasco (29,7%)
7º Fortaleza (8,8%)
8º Atlético-GO (1,6%)
9º Bragantino (0,1%)
10º Athletico-PR (0,02%)
Outros (quase 0%)
São Paulo e Internacional (0%)

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)