Esportes

Rodolfo Rodrigues - Hansi Flick, o técnico do Bayern Munique que tem mais títulos que derrotas

Na última quinta-feira (24), o Bayern Munique conquistou a Supercopa Europeia em cima do Sevilla e seu quarto título na temporada sob o comando do técnico Hans-DieterFlick.

Assistente do Joachim Low na conquista da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, Hansi fez sua estreia como treinador em novembro do ano passado, quando assumiu o time no lugar do demitido Niko Kovac. Desde então, conseguiu números e façanhas incríveis com o time Bávaro.

Aos 55 anos, o treinador do conquistou em 2020 o Campeonato Alemão com um recorde de pontos no segundo turno e o segundo maior ataque da história na Bundesliga (100 gols), a Copa da Alemanha, a Liga dos Campeões com 100% de aproveitamento (pela primeira vez na história) e agora a Supercopa Europeia.

Foram quatro títulos possíveis em quatro disputados em menos de um ano. No geral, desde novembro de 2019, o treinador comandou o clube em 38 jogos, com 35 vitórias, 1 empate e apenas 2 derrotas (a última em dezembro). Com um aproveitamento fantástico de 93%, o Bayern de Flick marcou 126 gols (3,32 por partida) e sofreu apenas 27 gols (0,71 por jogo).

Com mais títulos que derrotas pelo Bayern, Hansi Flick está invicto há 32 jogos e vem ainda com uma sequência incrível de 23 vitórias seguidas em 2020. Neste domingo (27), o time de Munique enfrentará o Hoffenheim pelo Campeonato Alemão, podendo aumentar essa sequência de vitórias e quem sabe alcançar o recorde mundial do The New Saints, do País de Gales, que ganhou 27 jogos consecutivos em 2016.

Já no dia 30 de setembro, o Bayern terá outra final pela frente, da Supercopa Alemã, contra o Borussia Dortmund, podendo levantar mais um troféu em 2020.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)