Esportes

Rodolfo Rodrigues - Dos times do G6, São Paulo é o melhor contra os adversários restantes

O Campeonato Brasileiro de 2020 chega a sua reta final com uma disputa emocionante de 6 times pelo título. Restando 7 rodadas ou pouco menos de 20% dos jogos, Internacional, São Paulo, Flamengo, Atlético-MG, Palmeiras e Grêmio formam o G6 dos candidatos ao título.

Analisando as rodadas finais, é possível tirar algumas conclusões sobre o caminho de cada um até a 38ª e última rodada. Se fizermos as contas da pontuação que os clubes conseguiram contra os próximos adversários no 1º turno, o favorito é o São Paulo, que nos 7 jogos venceu 4, empatou 3 e teve um aproveitamento de 71,4%. Em seguida, aparecem Inter (66,7%), Flamengo e Grêmio (62,5%), Palmeiras (50%) e Atlético-MG (33,3%).

Se a leitura dos próximos adversários for feita pelos confrontos entre os times do G6, o Atlético-MG parece ser o time com a tabela um pouco mais tranquila, pois terá pela frente só um adversário direto — o Palmeiras, na última rodada, em casa. São Paulo, Flamengo e Grêmio têm 3 confrontos diretos cada. Já Palmeiras e Internacional têm 2 confrontos diretos.

Agora, se a análise for feita pela atual situação e colocação dos clubes no Brasileirão, quem tem mais 'barbadas' pela frente é o Palmeiras. Em seus próximos 8 jogos, o time de Abel Ferreira pegará com média de 12,3 na classificação. O Atlético-MG é o 2º com a tabela com mais times da parte debaixo da tabela, com média de 12. Já Flamengo (9,1) e Grêmio (9,4) têm mais adversários da parte de cima da tabela pela frente.

Vale lembrar que nessa reta final de Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem ainda as finais da Copa Libertadores e da Copa do Brasil (e talvez até do Mundial de Clubes). Já o Grêmio tem também a final da Copa do Brasil.

Veja abaixo os jogos restantes dos times do G6 no Brasileirão 2020. Em azul, os confrontos dos times do G6. Ao lado, o placar do 1º turno. Abaixo da lista de cada time, a posição dos adversários na tabela de classificação ao final dessa 31ª rodada.

INTERNACIONAL (1º):
24/1 - Internacional x Grêmio (1 x 1)
30/1 - Internacional x Bragantino (2 x 0)
7/2 - Athletico-PR x Internacional (1 x 2)
13/2 - Internacional x Sport (5 x 3)
17/2 - Vasco x Internacional (2 x 0)
21/2 - Flamengo x Internacional (2 x 2)
24/2 - Internacional x Corinthians (0 x 1)

(14 pontos, 4 vitórias, 2 empates, 1 derrota - 66,7%)
Grêmio (6º), Bragantino (11º), Athletico-PR (12º), Sport (16º), Vasco (17º), Flamengo (3º) e Corinthians (8º). Média de posição dos adversários: 10,4

SÃO PAULO (2º):
23/1 - São Paulo x Coritiba (1 x 1)
31/1 - Atlético-GO x São Paulo (0 x 3)
7/2 - São Paulo x Palmeiras (2 x 0)
13/2 - São Paulo x Ceará (1 x 1)
17/2 - Grêmio x São Paulo (0 x 0)
21/2 - Botafogo x São Paulo (0 x 4)
24/2 - São Paulo x Flamengo (4 x 1)

(15 pontos, 4 vitórias, 3 empates, 0 derrota - 71,4%)
Coritiba (18º), Atlético-GO (13º), Palmeiras (5º), Ceará (10º), Grêmio (6º), Botafogo (20º) e Flamengo (3º). Média de posição dos adversários: 10,7

FLAMENGO (3º):
24/1 - Athletico-PR x Flamengo (1 x 3)
28/1 - Grêmio x Flamengo (1 x 1)
1/2 - Sport x Flamengo (3 x 0)
7/2 - Flamengo x Vasco (2 x 1)
13/2 - Bragantino x Flamengo (1 x 1)
17/2 - Flamengo x Corinthians (5 x 1)
21/2 - Flamengo x Internacional (2 x 2)
24/2 - São Paulo x Flamengo (4 x 1)

(15 pontos, 4 vitórias, 3 empates, 1 derrota - 62,5%)
Athletico-PR (12º), Grêmio (6º), Sport (16º), Vasco (17º), Bragantino (11º), Corinthians (8º), Internacional (1º) e São Paulo (2º). Média de posição dos adversários: 9,1

ATLÉTICO-MG (4º):
24/1 - Vasco x Atlético-MG (1 x 4)
27/1 - Atlético-MG x Santos (1 x 3)
30/1 - Atlético-MG x Fortaleza (1 x 2)
7/2 - Goiás x Atlético-MG (0 x 3)
13/2 - Fluminense x Atlético-MG (1 x 1)
17/2 - Atlético-MG x Bahia (1 x 3)
21/2 - Sport x Atlético-MG (0 x 0)
24/2 - Atlético-MG x Palmeiras (0 x 3)

(8 pontos, 2 vitórias, 2 empates, 4 derrotas - 33,3%)
Vasco (17º), Santos (9º), Fortaleza (14º), Atlético-GO (13º), Fluminense (7º), Bahia (15º), Sport (16º) e Palmeiras (5º). Média de posição dos adversários: 12

PALMEIRAS (5º):
24/1 - Ceará x Palmeiras (1 x 2)
27/1 - Palmeiras x Vasco (1 x 0)

2/2 - Palmeiras x Botafogo (1 x 2)
7/2 - São Paulo x Palmeiras (0 x 2)

13/2 - Coritiba x Palmeiras (1 x 3)
17/2 - Palmeiras x Fortaleza (0 x 2)
21/2 - Palmeiras x Atlético-GO (3 x 0)
24/2 - Atlético-MG x Palmeiras (0 x 3)

(12 pontos, 4 vitórias, 0 empate, 4 derrotas - 50%)
Ceará (10º), Vasco (17º), Botafogo (20º), São Paulo (2º), Coritiba (18º), Fortaleza (14º), Atlético-GO (13º) e Atlético-MG (4º). Média de posição dos adversários: 12,3

GRÊMIO (6º):
24/1 - Internacional x Grêmio (1 x 1)
28/1 - Grêmio x Flamengo (1 x 1)

31/1 - Coritiba x Grêmio (1 x 2)
7/2 - Grêmio x Santos (1 x 2)

13/2 - Botafogo x Grêmio (3 x 1)
17/2 - Grêmio x São Paulo (0 x 0)
21/2 - Grêmio x Athletico-PR (2 x 1)
24/2 - Bragantino x Grêmio (2 x 1)
(15 pontos, 4 vitórias, 3 empates, 1 derrota - 62,5%)
Internacional (1º), Flamengo (3º), Coritiba (19º), Santos (9º), Botafogo (20º), São Paulo (2º), Athletico-PR (10º) e Bragantino (11º). Média de posição dos adversários: 9,4

Entre os times do G6, o Grêmio é o único que ainda não conseguiu vitórias contra os adversários diretos. Já o Flamengo, com o triunfo sobre o Palmeiras, conseguiu vencer seu 1º confronto contra times do G6 nesse Brasileirão 2020. Já o Inter segue invicto nesses confrontos.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)