Esportes

'Devolve minha posição' e 'Pressão, Checo': As frases do GP dos EUA

O Grande Prêmio dos Estados Unidos de Fórmula 1 foi recheado de emoções desde os primeiros treinos livres até as últimas voltas. O vencedor da vez foi Max Verstappen, da Red Bull, que abriu 12 pontos de vantagem sobre Lewis Hamilton, da Mercedes.

O britânico terminou a prova em segundo lugar e com o ponto extra da volta mais rápida. Ele chegou a assumir a liderança da corrida em alguns momentos, mas acabou derrotado pelo rival.

O pódio foi fechado com Sergio Pérez (Red Bull), seguido por Charles Leclerc (Ferrari).

Verstappen confiante

A disputa entre Hamilton e Verstappen se deu desde o apagar das luzes. Se o britânico da Mercedes tomou a frente na largada, o rival manteve a calma durante boa parte da corrida e a analisou detalhe por detalhe para conseguir encaminhar a tão esperada vitória no Circuito das Américas.

"Hamilton está deslizando bastante. Tenho um ritmo mais rápido, mas não dá para ultrapassar agora", disse o holandês, após perder a primeira colocação nas primeiras voltas da corrida.

"Vamos forçar ele [Hamilton] para não abrir muito tempo. Pressão Checo", pediu Verstappen, após voltar de sua segunda pausa para a troca de pneus.

Resenha entre Hamilton e Toto Wolff

Quando a corrida caminhava para o fim, o britânico recebeu um alerta de Toto Wolff. Segundo o diretor-executivo da Mercedes, a vitória era possível. Logo, o britânico deu aquela resenhada com o patrão pelo rádio.

"Você está competindo pela vitória, Lewis", disse Toto, que recebeu a seguinte resposta: "Deixe comigo, mano. Obrigado".

Minutos antes do bate-papo, ele precisou alertar os engenheiros da Mercedes que seu adversário estava causando preocupação: "Ele está mais rápido do que eu", disse Lewis, ao perceber a boa performance de Verstappen.

Alonso On Fire

O piloto espanhol também protagonizou momentos de discussões durante o GP dos Estados Unidos de Fórmula 1. O primeiro "arranca rabo" foi com Kimi Räikkönen, e o segundo com Antonio Giovinazzi.

Na primeira confusão, ele falou um pouco furioso no rádio para sua equipe: "O Kimmi me empurrou e precisa me devolver a posição."

Treta no treino livre

O clima esquentou no GP dos Estados Unidos desde os treinos livres. Em um "pega" entre Hamilton e Verstappen, o holandês xingou o britânico.

"Idiota, estúpido", disse ele, ao mostrar o dedo do meio para o rival.