Esportes

'Quarteto Fantástico' do PSG ainda decepciona na França, diz jornal

O "Quarteto Fantástico" do PSG, formado por Neymar, Messi, Mbappé e Di María, decepcionou no empate sem gols com o Olympique de Marselha, ontem, pelo Campeonato Francês. Segundo o jornal L'Équipe, os astros do clube ainda não se acertaram.

De acordo com a publicação, o quarteto só participou de dois gols em três partidas que os quatro jogaram juntos até aqui: um pênalti de Neymar e uma assistência de Mbappé.

Para o jornal, um dos principais problemas é o posicionamento de Neymar. O camisa 10 jogou mais recuado contra o Olympique e pouco agrediu a defesa adversária. Segundo o L'Équipe, o brasileiro só ganhou 20% dos duelos que disputou na partida de ontem.

"Os jogadores do Marselha, ao contrário das partidas anteriores, nem precisaram apertar muito para limitar a influência de Neymar (1 falta sofrida). Ele morreu sozinho, às vezes desconectado de seus parceiros. E esta é talvez a observação mais preocupante", escreveu o jornal.

A publicação ainda diz que não faz sentido colocar Messi como ponta direita aos 34 anos: "Defensivamente, ele expõe Hakimi demais. E ofensivamente, isso limita sua contribuição. Ele não é mais capaz de fazer grandes diferenças no um a um ao longo da linha lateral."

Mbappé foi o menos citado pelo L'Équipe, que vê Di María em uma posição desconfortável dentro de campo.

"Mauricio Pochettino terá que reavaliar seu compatriota. Mais uma vez, o técnico parisiense misturou as peças do quebra-cabeça", acrescentou o jornal.