Esportes

Primeiro título feminino pode virar estrela no escudo do Boca Juniors

O Boca Juniors possui 69 estrelas dentro do seu escudo. Elas representam títulos simbólicos, os primeiros conquistados pelas equipes profissionais do clube, alguns torneios locais e internacionais que transformaram a equipe em uma das maiores da América Latina.

Agora, um comitê formado por membros do movimento Boca Primero solicitou à diretoria uma estrela correspondente ao primeiro título profissional do time feminino do Boca. Além dela, pedem também uma em homenagem à conquista da Copa Diego Armando Maradona, que ganhou esse nome após a morte do craque argentino.

O pedido foi encaminhado aos representantes do Conselho e ao presidente Jorge Ameal. "Estamos escrevendo para que avaliem a inclusão de duas novas estrelas no escudo", inicia o texto. "Nos referimos ao campeonato denominado Taça Diego Armando Maradona (estrela nº 70) e ao primeiro campeonato profissional do futebol feminino, conquistado com uma vitória histórica sobre o River Plate (estrela nº 71).

Os sócios se baseiam em um artigo do estatuto do clube, onde as regras para adição de estrelas estão especificadas. Para que elas sejam incluídas, porém, a Assembleia de Representantes deve aprovar o pedido.

O grupo de torcedores defendeu o reconhecimento ao futebol feminino. "O estatuto não distingue qual time de futebol (indica apenas o time titular), muito menos quando se refere a um evento esportivo significativo. É o primeiro torneio oficial e profissional de futebol feminino homologado pela AFA, cuja vitória foi transmitida pela TV. A partida foi disputada em um estádio de Copa do Mundo e o resultado foi de 7 a 0 contra nosso maior e mais tradicional rival. O título foi entregue pelo próprio presidente da AFA".

A questão será analisada pela diretoria, que deve convocar uma assembleia extraordinária para avaliar o caso, segundo informou o Olé. Recentemente, membros de outro grupo xeneise solicitaram a inclusão de uma outra estrela, com o número 10, como uma forma de homenagear Maradona, mas a proposta foi rejeitada.