Esportes

Porque o duelo Brady x Brees deste domingo deve ficar na história da NFL

O domingo (17) reserva o provável último encontro entre Tom Brady e Drew Brees, dois dos melhores quarterbacks da história da NFL. Tampa Bay Buccaneers, time de Brady, encara o New Orleans Saints, de Brees, fora de casa por uma vaga na final da Conferência Nacional. O duelo será às 20h40 (de Brasília), com transmissão da ESPN.

Será a primeira vez que os dois veteranos se enfrentarão em um jogo de pós-temporada, ou seja, a partida de hoje tem tudo para ser histórica.

As duas equipes fazem parte da mesma divisão, a NFC Sul, e disputaram dois jogos na temporada regular, com duas vitórias dos Saints. Na derrota por 38 a 3, Brady foi massacrado pela defesa adversária e lançou três interceptações.

No total, os veteranos se enfrentaram sete vezes na NFL, com cinco vitórias de Brees e apenas duas de Brady. O duelo deste domingo, no entanto, vale muito para os dois.

Como chegam os veteranos?

Enquanto Brady, aos 43 anos, vive bom momento, exibe uma ótima preparação física e lidera um ataque cheio de recursos e alternativas, Brees, um ano mais novo, ainda tenta voltar à boa forma depois de perder quatro jogos da temporada após quebrar 11 costelas.

Depois de uma temporada decepcionante com o New England Patriots, o camisa 12 mudou de ares e reencontrou os bons números em Tampa. Brady lançou 40 passes para touchdown na temporada regular, a segunda melhor marca da liga, e parece ter mais química com seus companheiros de ataque a cada jogo.

Já Brees teve números bem distantes do que costuma apresentar, muito pela lesão que o tirou de campo por quatro rodadas, mas também porque não tem tido o mesmo aproveitamento em bolas longas. A idade e as lesões parecem pesar e inibem o melhor desempenho do jogador dos Saints.

Caminhos distintos para o futuro

O confronto deste domingo deve ser o primeiro e último em um playoff porque Brees tem grandes chances de se aposentar ao final desta temporada. Aos 42 anos e convivendo com dores e lesões, o quarterback já tem um contrato assinado para se tornar comentarista da rede de televisão NBC.

O vínculo só será ativado quando o veterano anunciar a aposentadoria, o que deve acontecer assim que a temporada acabar mesmo com o contrato com a franquia válido para 2021. A informação é do repórter Ian Rapoport, da NFL Network.

"Eu ainda não falei com ninguém que acredite que Drew Brees irá jogar na temporada 2021", escreveu o jornalista.

Do outro lado, Brady tem mais um ano de contrato com os Buccaneers e não dá nenhum indício de que não irá cumprir. Em forma, com um bom elenco à disposição e ambientado na Flórida, o camisa 12 deverá seguir em campo por, pelo menos, mais um ano.

Aliás, o jogador sempre disse que gostaria de atuar até os 45 anos, o que só aconteceria na temporada 2022.

Disputas dentro e fora de campo

Brady e Brees são os jogadores mais velhos em atividade na NFL e o duelo deste domingo será o confronto mais velho entre dois quarterbacks na história da liga. A idade dos dois somadas dá 85 anos.

Desde que entraram na liga, Brady em 2000 e Brees um ano depois, eles disputam recordes. A dupla iniciou a temporada duelando jogo a jogo o posto de quarterback com mais passes para touchdown. Com a lesão, Brees ficou para trás e soma 571 passes contra 581 do rival.

Na disputa por títulos da NFL, o camisa 12 dos Buccaneers ganha de lavada com seus seis troféus (todos por New England) contra apenas um título do camisa 9, conquistado na temporada 2009.

Quando o assunto é dinheiro, o jogador dos Saints está na frente. Segundo o site especializado Spotrac, Bress ganhou 269,7 milhões de dólares na carreira, enquanto Brady embolsou 261,8 milhões (mais de R$ 1,3 bilhões).

Clima amigável antes do duelo

Apesar da disputa por uma vaga na final da Conferência Nacional, o clima entre Brady e Brees é dos melhores. O jogador dos Saints disse que o duelo com Brady era "inevitável" desde que ele assinou com os Buccaneers.

Já Brady usou as redes sociais para brincar sobre o confronto e as muitas temporadas de ambos. O quarterback publicou nas redes sociais uma arte com os dois grisalhos e dizendo que o duelo teria transmissão no History Channel. Brees compartilhou e aprovou: "Isto é bom".