Esportes

Partida no Mineirão | Briga entre Hulk e Pottker continuou nos túneis com provocações

Partida no Mineirão | Briga entre Hulk e Pottker continuou nos túneis com provocações

O clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG no último domingo, pela nona rodada do Campeonato Mineiro, gerou enorme repercussão Brasil afora não só pelo resultado do jogo, que terminou com a vitória da Raposa por 1 a 0 em cima do Galo, mas também pela forte discussão que envolveu Hulk e Willian Pottker.

Além do cartão vermelho que receberam do árbitro Paulo César Zanovelli, Hulk e Pottker protagonizaram cenas lamentáveis até a entrada do vestiário de suas equipes. A dupla saiu de campo se atracando com ofensas verbais após o cruzeirense segurar o atleticano e arranhá-lo no peito no fim da partida, enquanto o atacante alvinegro revidou a ação do oponente com um tapa, segundo relato da súmula do clássico. O documento do jogo foi publicado no site da Federação Mineira de Futebol (FMF).

Da saída do gramado até a descida da escada para os vestiários os adversários foram se ofendendo até com detalhes da vida pessoal de cada um.

"Você é covarde, rapaz. Pega de frente. Vai, mané, otário. Você é homem dentro do campo, vem ser homem fora de campo, machão. Dentro de campo você é homem, né: Seu otário, vai mané", disparou Hulk quando estava em direção ao vestiário do time visitante no Gigante da Pampulha.

Enquanto Hulk gritava e xingava, Pottker também fazia o mesmo. "Vai embora (...); vai embora, chifrudo. Você transa com a mulher dos outros", retrucou Pottker.

As imagens foram veiculadas pela TV Globo Minas no programa "Globo Esporte", na tarde de hoje (12). O vídeo da discussão foi compartilhado por alguns perfis de torcedores na rede social.

Hulk e Pottker foram expulsos aos 46 minutos do segundo tempo. Foi a primeira expulsão do camisa 7 atleticano. Já o camisa 11 cruzeirense soma três expulsões desde que chegou à Toca II, em 2020.