Esportes

Palmeiras tem titulares vetados, mas espera pelo "melhor" Rony no Equador

Classificação e Jogos

O Palmeiras enfrenta hoje (25), às 19h15, o Delfín (EQU) pela partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores. Pelo menos três jogadores que fazem parte do "time ideal" não viajaram, por não passarem no protocolo para a Covid-19 do Equador: Luan, Gustavo Scarpa e Gabriel Veron. Eles cumpriram quarentena, mas não testaram negativo no último exame no Brasil.

Já sem os três artilheiros de 2020 (Luiz Adriano, Willian e Raphael Veiga), o Verdão espera ter pelo menos Rony de volta. O camisa 11 se recuperou do novo coronavírus e seguiu com a delegação. Sua volta será justamente na Libertadores, competição em que viveu os melhores momentos em uma temporada de altos e baixos no Verdão.

Todas as quatro assistências do atacante em 2020 aconteceram na competição continental, assim como dois dos três gols com a camisa alviverde. Ele é o maior garçom do Palmeiras, dono da melhor campanha da fase de grupos do torneio continental.

A volta do atacante será um alento para o técnico Abel Ferreira, que desde sua chegada vem convivendo com problemas. Com a ausência dos três goleadores, o português fará sua estreia pela Libertadores sem os responsáveis por 54% dos gols do Palmeiras em 2020.

Foram 77 gols marcados na temporada, sendo 42 dos desfalques — 15 de Luiz Adriano (com lesão na coxa esquerda), 14 de Willian (com Covid-19) e 13 de Raphael Veiga (com Covid-19). O meia, inclusive, era um dos principais jogadores da equipe até contrair o novo coronavírus.

A expectativa é de que praticamente todos os jogadores que testaram positivo estejam liberados na volta, marcada para quarta que vem (2), no Allianz Parque. Isto significaria os reforços de Jailson, Viña, Alan Empereur, Kuscevic, Veiga, Willian, Aníbal e Breno Lopes, que ainda estão cumprindo isolamento.

Para conseguir um bom resultado mesmo cheio de problemas no Equador, o Verdão tem a favor o momento ruim do Delfín. No segundo turno do campeonato equatoriano, o rival é o 13º colocado entre 16 equipes e não vence há quatro partidas. Diferentemente da Copa do Brasil, o gol fora de casa é critério de desempate na Libertadores.

FICHA TÉCNICA:

DELFÍN (EQU) x PALMEIRAS
Local:
estádio Jocay, em Manta (Equador)
Data: 25 de novembro de 2020, quarta-feira
Horário: 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Leodán González (URU)
Assistentes: Nicolás Taran (URU) e Richard Trinidad (URU)
VAR: Esteban Ostojich (URU)

DELFÍN: Banguera; Gonzáles, Cangá, Ale e Nazareno; Ortíz, Vélez, Corozo e Oscar Benítez; Carlos Garcés e José Valencia. Técnico: Miguel Ángel Zahzú

PALMEIRAS: Weverton; Emerson Santos, Gustavo Gómez e Renan; Marcos Rocha, Patrick de Paula, Zé Rafael, Lucas Lima e Mayke; Rony (Marcelinho) e Fabrício. Técnico: Abel Ferreira