Esportes

Opinião: Menon - Menon: Roger Flores ofende a prática do jornalismo

O que se fala no escurinho do cinema, chupando drops de anis, não se pofe repetir no confessionário. O que se fala à meia voz assume proporções enormes diante de um alto falante.

Imagine então um microfone da TV Globo. A repercussão é enorme. Foi o que Roger Flores fez ao dizer que haveria "ordem de cima" para que Renato não escalasse Pedro no ataque do Flamengo.

Já seria polêmico se ele tivesse fontes que garantissem a informação. Mas, nada disso. Ele disse o que pensa, o que acha, o que deduz, não o que sabe.

Informação zero.

Quais as consequências?

Atrapalha o Flamengo, atrapalha Renato e deixa uma pulga atrás da orelha do torcedor. "Bem que o Roger falou".

Roger foi bom jogador, entende de futebol e tem lugar de fala. Não sou corporativista. Mas bem que poderia respeitar os princípios da profissão que exerce atualmente.