Esportes

Opinião | Mauro: Paulo Victor não tem nível para jogar no Grêmio

O técnico Renato Portaluppi escalou o goleiro Paulo Victor como titular do Grêmio no primeiro jogo do confronto final da Copa do Brasil contra o Palmeiras, deixando Vanderlei no banco de reservas. Alguns consideraram falha do jogador promovido à titularidade no gol marcado pelo zagueiro Gustavo Gomez, de cabeça, quando o goleiro chegou a tocar na bola, mas não evitou o prejuízo no placar, com a derrota por 1 a 0.

No podcast Posse de Bola #104, Mauro Cezar Pereira critica a escalação de Paulo Victor no lugar de Vanderlei e afirma que o escolhido de Renato para a final não tem nível para jogar hoje no Grêmio e já demonstrou irregularidade em várias oportunidades.

"Inexplicável a escalação de Paulo Victor, é incrível, não sei se alguém cobra, desconheço que alguém cobre, mas alguém deveria questionar o Renato, eu acho que não é uma intervenção com relação à escalação, o questionamento é por que o Paulo Victor? Como diria Cícero Mello, por que Paulo Victor? Porque não tem sentido", afirma o jornalista (no vídeo a partir de 9:55).

"O Paulo Victor é um goleiro extremamente irregular, não é um bom goleiro, não foram poucas as vezes em que ele não foi bem, o Grêmio foi atrás do Vanderlei por isso. Então, não sei nem por que o Paulo Victor continua no Grêmio, eu acho que ele não tem nível hoje para jogar no Grêmio, um clube que briga pelos principais títulos", completa.

Mauro Cezar considera que o gol de Gustavo Gomez foi um frango do goleiro gremista e que a falha comprometeu a própria estratégia elaborada pelo treinador no primeiro jogo da final contra o Palmeiras.

"O gol é um frangaço, porque a cabeçada é forte, mas o cara espalmou para dentro do gol. De novo, parece goleiro de pelada, naquelas peladas em que você tem um time com goleiro e o outro time que o cara reveza no gol porque não tem goleiro, não tem dois goleiros na brincadeira. E aí o cara que vai para o gol que não é goleiro espalma para dentro do gol, ou porque é ruim ou porque ele quer ir para a linha, então ele toma logo o gol, assim reveza, ele sai do gol, vai para a linha e a coisa continua. Prefiro tomar logo um gol que ficar aqui de goleiro, quero jogar na linha", diz o jornalista.

"Isso acontece, em peladas entre amigos isso é muito comum, só que ali era uma final de Copa do Brasil, não era uma pelada entre amigos, e a falha do Paulo Victor compromete totalmente a já fraca estratégia gremista para esse jogo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.