Esportes

Opinião: Arnaldo: Dani Alves e Pablo foram maiores burradas da história do São Paulo

Sem espaço no São Paulo, o atacante Pablo abre mão de receber pelos próximos meses de contrato para rescindir com o clube, desde que receba atrasados, situação que trava neste momento a saída depois de negociações que não foram concretizadas com Ceará e Santos devido ao posicionamento do próprio atleta.

No podcast Posse de Bola #193, Arnaldo afirma que a proposta de Pablo é boa para ele e péssima para o São Paulo, considerando que ele quer um acordo como o de Daniel Alves, sendo que ele custou 6 milhões de euros ao clube para comprar seus direitos que eram vinculados ao Athletico-PR e ficaria sem recuperar nem mesmo parte do valor.

Ouça também o boletim do Posse com Arnaldo e Tironi; exclusivo na Apple Podcasts

"O São Paulo a única coisa que ganharia nessa história é não pagar o Pablo até o final de 2023, esses 6 milhões de euros ficariam a ver navios. O Pablo quer um acordo Daniel Alves, você me demite e fica me pagando, perfeito, ele quer exatamente o acordo do Daniel Alves, previdência privada. O Pablo quer o acordo Daniel Alves, só que tem uma grande diferença, o São Paulo não pagou pelos direitos do Daniel Alves", diz Arnaldo.

"O São Paulo tinha uma dívida com o Daniel Alves e tinha um contrato mensal com o Daniel Alves, o São Paulo não pagou 6 milhões de euros pelo Daniel Alves, então se faz esse acordo com o Pablo, beleza, para o Pablo é excelente, para o São Paulo é um lixo a proposta do Pablo. Isso não justifica a dívida que o São Paulo tem com ele e com outros jogadores em 2020 e 2021, tem com o elenco inteiro, não é só com o Pablo", completa.

O jornalista afirma que tanto a contratação de Pablo como a de Daniel Alves foram os piores negócios feitos na história do São Paulo, considerando os valores envolvidos e o retorno que eles deram ao clube e que ambas têm a assinatura da gestão anterior, com o então presidente Leco, o executivo Raí e o diretor Alexandre Pássaro.

"As contratações de Daniel Alves e Pablo, as duas uma custando 6 milhões de euros e a outra por esse montante de salários europeus, foram as duas maiores burradas da história do São Paulo Futebol Clube, muitos dos problemas atuais econômicos do São Paulo estão simbolizados por esses dois jogadores, contratados de formas diferentes, um por 6 milhões de euros, não existe um clube brasileiro pagar 6 milhões de euros, a não ser que a saúde financeira dele seja exemplar, e não era o caso do São Paulo na época", diz Arnaldo.

"Daniel Alves e Pablo mostram o momento atual do São Paulo e agora sendo negociados por essa diretoria, mas com a assinatura da diretoria anterior, a diretoria atual não é nada santinha nessa história porque ela não resolveu as dívidas de 2020 que a diretoria anterior firmou com ninguém e não conseguiu equacionar bem o caso do Daniel Alves, agora está em cheque, como é que vai resolver o negócio do Pablo? Os boletos do Daniel Alves e do Pablo têm as mesmas assinaturas, são as mesmas pessoas que fizeram esses dois piores negócios da história do São Paulo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.