Esportes

O que é preciso acontecer para o Grêmio ser rebaixado? Veja cenários

Classificação e Jogos

Com mais de 98% de risco de ser rebaixado para a Série B, o Grêmio entra em campo hoje (2) desesperado na luta para evitar a degola do Brasileirão. O jogo é contra o São Paulo, em casa, e terá o retorno dos torcedores à arena em Porto Alegre.

A vitória é fundamental para que o time comandado por Vagner Mancini "respire por aparelhos" no torneio. Em caso de derrota, a queda pode acontecer antes mesmo do fim de semana.

O UOL Esporte reuniu alguns cenários possíveis que decretam (ou evitam) o rebaixamento da equipe gaúcha nos próximos dias. Confira:

Se o Grêmio perder para o São Paulo...

... fica com 36 pontos e na 18ª posição da tabela. Neste caso, o time só poderá chegar a 42 pontos ao final do Brasileirão, pois restarão apenas duas partidas no torneio.

Diante disso, uma vitória do Bahia sobre o Atlético-MG, em duelo que também acontece hoje, coloca o time nordestino com 43 pontos e decreta, matematicamente, o rebaixamento do Grêmio.

Outro cenário pessimista se dá mesmo em um empate ou derrota do Bahia. Aí a espera fica para amanhã, quando o Athletico-PR, que tem 42 pontos, encara o Cuiabá. Basta uma vitória ou empate da equipe paranaense para que os gaúchos atuem na Série B de 2022.

Se o time de Alberto Valentim também for derrotado em meio a um tropeço dos nordestinos, o tricolor ainda fica com chances —remotas— de se manter na elite nacional.

Se o Grêmio empatar com o São Paulo...

... vai a 37 pontos e, ainda, segue na 18ª colocação na tabela. Neste caso, a equipe só poderá chegar a 43 pontos ao fim do campeonato.

Aí a conta fica mais complexa: vitórias simultâneas de Bahia e Athletico-PR ainda não derrubam o Grêmio justamente por causa do Cuiabá, mas tornam a situação aterrorizante já na penúltima rodada.

Isso porque, neste cenário, todos os adversários na briga para escapar da queda (Bahia e Cuiabá —e talvez o Juventude) ficam com 43 pontos.

Ainda assim, é possível escapar com duas vitórias e, além disso, torcer para duas derrotas seguidas destes adversários.

Se o Grêmio vencer o São Paulo...

... vai a 39 pontos e se mantém vivo na briga contra a queda, mesmo com hipotéticas vitórias de Bahia, Athletico e Juventude —é claro que, se isso acontecer, a chance de cair aumenta ainda mais.

Veja como está a parte de baixo da tabela (todos têm 35 jogos e os quatro últimos caem):