Esportes

Mais Brasileirão | Bragantino faz 4 a 2 no Ceará e vence a primeira em um mês

Mais Brasileirão | Bragantino faz 4 a 2 no Ceará e vence a primeira em um mês

Em jogo de muitos gols, o Red Bull Bragantino venceu o Ceará por 4 a 2 em Bragança Paulista. Os gols do Bragantino foram marcados por Léo Ortiz, Alerrandro, Lucas Evangelista e Bruno Tubarão. Vinicius e Wescley marcaram para o Vozão. Essa foi a primeira vitória do Red Bull em um mês. A última havia sido no dia 19 de agosto, quando venceu o Fluminense por 2 a 1.

Com a vitória, o Bragantino saltou na tabela, chegou à 16ª posição e saiu da zona de rebaixamento, pelo menos enquanto as partidas de domingo não são disputadas. Já o Ceará caiu para a décima posição, com 13 pontos ganhos.

Agora, ambas as equipes voltam a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo (27). O Red Bull Bragantino viaja até o Rio de Janeiro para enfrentar o Vasco em São Januário. Já o Ceará recebe o Goiás no Castelão.

O melhor: Alerrandro

Muito ativo no ataque do time de Bragança, Alerrandro foi responsável por um gol e ainda deu uma linda assistência de letra para o gol de Lucas Evangelista. Além disso, chutou uma bola na trave, abriu espaços para os companheiros chegarem de trás e pelas pontas e mostrou-se uma presença incômoda para a defesa do time cearense.

O pior: Marthã

Um pouco perdido em campo, o volante do Ceará deu muito espaço pelo meio e permitiu que o Bragantino saísse em velocidade sem problemas durante o primeiro tempo. Foi uma peça abaixo em uma equipe que não conseguiu se impor defensivamente em campo e acabou dando muitos espaços. Saiu no intervalo de jogo.

Braga faz três gols em um tempo

Os primeiros 45 minutos de jogo foram intensos. Com um gol do Bragantino aos três minutos, a partida já prometia. Em uma das primeiras chances do jogo, o Red Bull fez uma jogada ensaiada no escanteio e a bola sobrou no meio da área para Léo Ortiz completar para o gol. Após sofrer o empate, a equipe do interior paulista logo deu a resposta e voltou a ficar a frente do placar, com gol da novidade na escalação titular, Bruno Tubarão, aproveitando rebote de Fernando Prass. Com boa transição e velocidade pelas pontas, o Red Bull criou chances pelos lados e, assim, aumentou a vantagem: Tubarão arrancou pela ponta esquerda e rolou a bola para Alerrandro marcar o terceiro.

O Ceará é combativo, mas desatento na defesa

Quando saiu em desvantagem logo no início do jogo, o Ceará até que foi bem do meio para frente. Com as melhores chances saindo dos pés de Vina, a equipe cearense conseguiu criar algumas boas oportunidades de gol e foi combativo no meio campo. Aos 20 minutos, a bola sobrou para Vina no meio da área, que soltou uma bomba para empatar a partida. No entanto, a desatenção na defesa foi um problema. Logo após conseguir o primeiro gol, levou o segundo e precisou, de novo, correr atrás do placar. O Ceará teve problemas para criar pelas pontas e tornou-se uma equipe lenta pelos lados, precisando construir tudo pelo meio campo, onde o Bragantino se mostrou bem postado para marcar e sair em velocidade. No final da primeira etapa, o Vozão ainda levou o terceiro gol, indo para o intervalo com uma desvantagem de dois gols.

Vozão melhora, mas o Bragantino marca o quarto

Precisando correr atrás do resultado, o Ceará voltou para a segunda etapa melhor postado defensivamente e conseguiu criar algumas chances no início da segunda etapa. Mesmo assim, continuou sendo pouco efetivo e pecando no último passe. Na dele, o R.B. Bragantino continuou explorando a jogada rápida pelas pontas. O quarto gol do Bragantino veio em uma excelente jogada entre Alerrandro e Lucas Evangelista, que marcou um golaço de cavadinha e deixou a equipe paulista ainda mais tranquila na partida. O Ceará desacelerou após levar o quarto gol, mas seguiu atacando e conseguiu chegar ao segundo gol no final do jogo, com um golaço de Wescley.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 4 x 2 CEARÁ

Data: 19 de setembro de 2020 (domingo)
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Competição: Campeonato Brasileiro (11ª rodada)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes
Assistentes: Cristhian Passos Sorence e Leone Carvalho Rocha
Cartão amarelo: Ricardo Ryller, Lucas Evangelista, Claudinho (R.B. Bragantino); Luiz Otávio, Marthã (Ceará)
Gols: Léo Ortiz - 3'/1ºT (1-0); Vinicius - 20'/1ºT (1-1); Bruno Tubarão - 22'/1ºT (2-1); Alerrandro - 44'/1ºT (3-1); Lucas Evangelista - 16'/2ºT (4-1); Wescley - 43'/2ºT (4-2)

BRAGANTINO: Julio Cesar, Raul, Léo Ortiz, Ligger, Weverson; Ricardo Ryller (Aderlan), Lucas Evangelista (Matheus Jesus), Bruno Tubarão (Luan Cândido); Artur, Claudinho (Luis Phelipe), Alerrandro (Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri.

CEARÁ: Fernando Prass, Samuel Xavier (Eduardo), Gabriel Lacerda, Luiz Otávio, Bruno Pacheco; Marthã (William Oliveira), Charles, Lima (Fernando Sobral), Vinicius (Wescley), Leandro Carvalho (Fernando Baxola); Cléber. Técnico: Guto Ferreira.